Jundiaí

Após motorista do transporte escolar ter sintomas de covid, crianças ficam sem ir à aula

40 alunos (24 do período da manhã e 16 da tarde) da Emeb Melânia Fortarel Barbosa, no bairro do Poste, foram encaminhados para as aulas em sistema remoto, em virtude do motorista do transporte escolar ter apresentado sintomas suspeitos de covid-19


Transporte escolar
Crédito:

Na Emeb Melânia Fortarel Barbosa, no bairro do Poste, em Jundiaí, um comunicado alertou os pais sobre a suspensão das aulas presenciais. O comunicado diz que "nenhuma criança da linha DeMarchi e Adélia poderá frequentar a escola, por conta de uma ação de bloqueio, que ocorrerá durante toda essa semana."

A Unidade de Gestão de Educação (UGE) de Jundiaí informa que como ação preventiva e seguindo os protocolos e orientações da Vigilância Epidemiológica, 40 alunos (24 do período da manhã e 16 da tarde) da Emeb Melânia Fortarel Barbosa, no bairro do Poste, foram encaminhados para as aulas em sistema remoto, em virtude do motorista do transporte escolar ter apresentado sintomas suspeitos de covid-19.

Até o momento, segundo a UGE, nenhum dos alunos apresentou sintomas de síndrome gripal. Apesar da empresa responsável pelo transporte não ter notificado a Unidade oficialmente, a ação foi realizada em caráter preventivo.

O comunicado aos pais dos alunos da Emeb Melânia diz ainda que a partir do dia 17, a linha rodará normalmente.


Notícias relevantes: