Jundiaí

Jundiaí Pé de Infância, uma cidade melhor e mais divertida para as crianças


DIVULGAÇÃO
PREFEITURA
Crédito: DIVULGAÇÃO

Para as crianças, a cidade é uma fonte permanente de experiência e aprendizado. Por isso, ruas, calçadas, praças e parques devem ser seguros e agradáveis, com espaços livres para brincar, sem perigos e interferências do trânsito. Em Jundiaí, isso está sendo colocado em prática desde 2017, com o conceito Cidade das Crianças e, como continuidade a essas ações, a campanha "Jundiaí Pé de Infância", para incentivar o desenvolvimento da Primeira Infância.

Mas como melhorar a ambiência dos espaços públicos sem mudar a mentalidade dos adultos que passam por esses locais, pelas ruas e avenidas que cortam os bairros da cidade? "Esse é um grande desafio, o de tornar o trânsito melhor e, por consequência, uma cidade melhor e mais segura para todos", diz o gestor de Mobilidade e Transportes, Aloysio Queiroz. "Muitas crianças que vão e voltam caminhando das suas escolas sabem como é a cidade, sabem dos desafios, e enxergam o mundo ao redor de uma maneira diferente de nós."

Levantamento da Prefeitura de Jundiaí aponta que a caminhada da casa à escola ainda é um hábito de muitas famílias e deve ser incentivado. Na EMEB Deodato Janski, por exemplo, localizada no Jardim Tarumã e com 650 alunos, mais de 65% das crianças vão a pé para a escola. Além dela, há outras EMEBs com elevado número de crianças que vão caminhando, como a Ivo de Bona (Almerinda Chaves), a Beatriz Blattner Pupo (Novo Horizonte), a Marina de Almeida Rinaldi (Jd. Tulipas), a Antonio Adelino Brandão (Morada das Vinhas), e a Nassib Cury (Fazenda Grande).

Na última, estuda o Heitor, de 7 anos, levado para a aula pela mãe, a Priscila Ogawa. "O caminho é tranquilo, a escola é próxima à minha casa", declara Priscila, que lembra de alguns pontos para a tranquilidade das famílias. "Já presenciei, muitas vezes, carros correndo muito na frente da escola. Depois que instalaram uma faixa com lombada na frente da EMEB ficou melhor, mas mesmo assim existem os apressadinhos."

Criança ao ar livre

Nos últimos anos, Jundiaí tem investido em políticas públicas para a Infância, como a adesão à Rede Latino-americana de Cidades das Crianças em outubro de 2018 e a integração à Rede Urban95, constituída pela Fundação Holandesa Bernard van Leer e que visa melhorar dois fatores no desenvolvimento infantil: a qualidade e a frequência das interações entre crianças de até 95 centímetros e seus cuidadores, e o bem-estar desses cuidadores, com a oferta de serviços, espaços públicos, transporte, planejamento e gerenciamento de dados.

Como explica a gestora de Educação de Jundiaí, Vastí Ferrari Marques, ações que valorizem práticas em áreas ao ar livre nunca foram tão urgentes, devido ao momento da pandemia do coronavírus. "O desemparedamento da infância preconiza as aulas ao ar livre e em contato com a natureza. Diversas escolas utilizam os espaços públicos e as praças do entorno para o desenvolvimento das atividades fora da sala de aula", lembra ela. "A ideia é incorporar ainda mais esses locais no dia a dia das crianças e incentivar que as famílias façam o trajeto de casa até a escola a pé."

Vastí também lembra que, em parcerias com outras unidades de gestão, como a de Cultura, a de Planejamento e Meio Ambiente, Infraestrutura e Serviços Públicos e a de Mobilidade e Transporte, está sendo feito um trabalho para adaptar os locais dentro do conceito Pé de Infância. "Já fizemos essa adaptação na EMEB Wilma Nalin Favaro e na praça em frente dela, no Jardim Santa Gertrudes, e estamos realizando na Vila Hortolândia, entre outras unidades escolares", afirma Vastí.

A diretora do Departamento de Urbanismo da Prefeitura, Sylvia Angelini, explica que a política pública voltada à criança se estruturou a partir de um conjunto de diretrizes e ações para ocupação do espaço urbano. A campanha "Jundiaí Pé de Infância" é uma delas e promove brincadeiras, pinturas e poesias para tornar os espaços públicos mais convidativos.

"Experiências geram aprendizagem. E experiências boas, divertidas, contribuem tanto para o desenvolvimento da criança, quanto para a valorização dos espaços públicos. Acreditamos que, ao tornar as ruas, as praças e os parques mais acessíveis e lúdicos, esses espaços serão cada vez mais ocupados por crianças e seus cuidadores, gerando uma cidade mais viva, saudável e segura para todos."

Em breve, diferentes vias com grande movimento de veículos e pedestres de Jundiaí passarão a receber adesivos da campanha "Jundiaí Pé de Infância", levando a mensagem para mais espaços urbanos da cidade.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: