Jundiaí

Região registra no fim de semana 16 aglomerações

FESTAS No AUJ, foram registradas 14 ocorrências em Jundiaí e duas em Campo Limpo Paulista


DIVULGAÇÃO
Aglomeração em estabelecimento na avenida Jundiaí tinha 200 pessoas
Crédito: DIVULGAÇÃO

Os eventos foram os principais responsáveis por aglomerações no fim de semana. Foram registradas 16 ocorrências do tipo na Região, 14 em Jundiaí e duas em Campo Limpo Paulista. Só em Jundiaí, em um único registro, a presença de 200 pessoas.

Duas festas marcaram o fim de semana no município e ambas foram interrompidas pela Guarda Municipal (GM). No sábado (15), a GM e a equipe de Fiscalização do Comércio interrompeu um evento clandestino com mais de 200 pessoas na região da avenida Jundiaí. Após orientação do responsável, o evento, com cobrança de ingresso e shows, foi encerrado.

Outro caso de aglomeração, envolvendo aproximadamente 100 pessoas, ocorreu na noite do último domingo (16) na região do bairro Malota. O grupo estava com seus carros estacionados em região aberta. Após ir ao local e dialogar, a GM dispersou os envolvidos.

Também foram registradas ocorrências em bairros como o Anhangabaú, Centro, Eloy Chaves, Retiro, Cecap, Vila Marlene, Vila Progresso, Vila Alvorada, Samambaia e Ivoturucaia. Não foram aplicadas multas. Em todos os locais houve a orientação referente aos regramentos e protocolos sanitários do Plano São Paulo, junto ao decreto municipal em vigor.

Em uma ação conjunta com a polícia militar, a GM realizou um patrulhamento durante o final de semana nos bairros que já têm histórico de aglomerações para conter os pancadões. Desde o início da pandemia, a equipe de Fiscalização Integrada, formada por equipes da Saúde, Vigilância Sanitária, Fiscalização do Comércio, GM e Procon, tem realizado ações de fiscalização e orientação os estabelecimentos comerciais e a população.

Segundo a gestora de Segurança Municipal, coronel Carla Basson, o planejamento de trabalho para o fim de semana foi feito previamente para combater aglomerações e os pancadões. "Ao sermos acionados, já estávamos prontos para atuar nesses locais, com a equipe necessária", diz ela.

O comandante da GM de Jundiaí, Benedito Marcos Moreno, também explica que o trabalho da força de segurança é voltado ao diálogo. "Nosso trabalho para evitar aglomerações é pautado no diálogo com as pessoas, sempre explicando a importância de respeitar as boas práticas sanitárias. A Guarda mantém um trabalho permanente próximo à comunidade."

REGIÃO

Em Campo Limpo Paulista, o fim de semana teve duas ocorrências de aglomeração registradas, uma no bairro São José, na rua 15, e a outra no Jardim Laura, em uma chácara. A Guarda Municipal atuou junto à Polícia Civil e interditou os locais que promoviam as aglomerações irregulares.

Itupeva informa que a GM do município, entre os últimos sábado e o domingo, não atendeu a nenhum caso referente a aglomeração na cidade.

No entanto, a GM de Itupeva foi acionada para atender a cinco ocorrências de perturbação de sossego. Foi um caso no Centro, um no Pacaembu I, um no Parque das Hortênsias, um no Santa Fé e um no bairro da Mina. A GM aferiu o volume em todos os locais com uso do decibelímetro, mas constatou que o som não ultrapassava o limite permitido. Em um desses locais, um motorista foi orientado a reduzir o volume do som de seu veículo.

A Prefeitura de Louveira informa que, segundo a Secretaria de Segurança, não houve flagrante de aglomeração no último final de semana no município.

Questionada sobre a quantidade de aglomerações registradas, a Prefeitura de Várzea Paulista informou apenas que a fiscalização do comércio prossegue no município, mas não informou números de ocorrências.

DENÚNCIAS

O telefone de emergência das Guardas Municipais de qualquer município é o 153 e das prefeituras é o 156. Em Jundiaí, há também o telefone 4492-9060, da GM, e o Aplicativo da Prefeitura.

Embora haja a flexibilização do Plano São Paulo neste período, os cuidados sanitários da população é fundamental, com medidas sanitárias como o uso de máscara, o distanciamento social e a constante higienização das mãos.

Procurada Jarinu e Cabreúva não retornaram até o fechamento desta edição.


Notícias relevantes: