Jundiaí

Banco de Leite precisa de doadoras


ARQUIVO PESSOAL
No mês de abril foram realizados 688 atendimentos no Banco de Leite
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

O Dia Mundial de Doação de Leite Humano é uma iniciativa para a proteção e promoção do aleitamento materno. Em Jundiaí, a referência é o Banco de Leite Humano com objetivo de captar doadoras por meio de campanhas na mídia, parcerias com os hospitais da região para divulgação do serviço, visitas de apoio na maternidade do Hospital Universitário do município.

No mês de abril foram realizados 688 atendimentos, pasteurizados 89.115 ml de leite humano, distribuídos para as UTIS 98.330 ml e atendidos 43 bebês, mas tem trabalhado com apenas 60% de sua capacidade e precisa de doadoras.

"No início da pandemia, com o isolamento total, nosso estoque ficou além de costume. Fechamos praticamente mais de 100 litros pasteurizados no ano passado de março a outubro. Quando começou a ficar mais tranquilo, o volume de leite coletado começou a cair bastante. Hoje, trabalhamos com o estoque cerca de 40% mais baixo. Além disso, muitas doadoras tiveram que suspender a doação devido a sintoma gripal ou COVID positivo", disse a coordenadora Marcela Bionti.

De acordo com a coordenadora ainda há dúvidas e mitos na amamentando. "Um dos mitos é que o leite estraga quando a mulher engravida é está amamentando. Pode alterar um pouco o sabor do leite, mas devido a questão hormonal", relata.

Outra questão, como diz Marcela, é sobre os benefícios do leite após seis meses de idade do bebê. "O bebê passa a ter necessidades maiores de nutrientes, porém o leite materno ainda é importante fonte nutricional e sua composição ainda continua importante, principalmente a questão imunológica, o leite vai se moldando de acordo com a faixa etária da criança e com o ambiente que a criança está", acrescenta ela.

Toda mulher que está amamentando e tem leite em excesso é uma possível doadora. Para doar, basta ser saudável e não estar fazendo uso de nenhum medicamento que interfira na qualidade do leite materno. A equipe do Banco de Leite retira o leite na casa da doadora, desde que resida em Jundiaí, Itupeva, Cabreúva, Itatiba, Louveira, Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista.

(Da Redação)

SERVIÇO

As interessadas podem entrar em contato com o Banco de Leite pelo telefone 08000-178155.


Notícias relevantes: