Jundiaí

Inserir jovens no mercado vai além do cumprimento da lei

DIA DA INDÚSTRIA Em Jundiaí, 871 jovens estão empregados atualmente, sendo 84 só no mês de março, números que refletem a importância da mão de obra


                      ALEXANDRE MARTINS
Gabriela Malisse, de 19 anos, trabalha no setor de assistência técnica
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

A cota de aprendizes dentro de uma empresa deve estar entre 5% e 15% do total de funcionários segundo o que determina a Lei do Aprendizagem, mas, além de cumprir esta lei, as empresas têm investido no jovem como futuro profissional. Em Jundiaí, 871 jovens estão empregados atualmente, sendo 84 só no mês de março.

De acordo com a presidente do conselho da Astra, Ana Oliva, o jovem se apresenta com motivação para sua primeira experiência profissional, além de 'oxigenar' a empresa com novas ideias e novas formas de resolver e encarar os desafios.

"A Astra possui o programa de aprendizes nas áreas administrativas, produtivas e de manutenção. Este programa é composto por uma parte teórica e uma prática, possibilitando ao aprendiz a prática imediata do que aprende na teoria. Uma das fontes de recrutamento destes jovens são as Olimpíadas de Matemática que a Astra realiza desde 1996. Os alunos classificados para a segunda fase da competição são convidados para participar do processo seletivo da empresa", relata.

Segundo a empresária, mesmo quando contratado para um programa específico o jovem pode ser contratado. "Temos vários casos na empresa de funcionários que iniciaram sua carreira na Astra como aprendizes e hoje ocupam cargos de responsabilidade. É preciso apenas estar motivado para o aprendizado e para o trabalho, saber trabalhar em equipe e relacionar-se com os diversos níveis hierárquicos da empresa".

Aos 19 anos, Gabriela Malisse, atualmente no setor de assistência técnica da Astra, utiliza o salário para pagar seus estudos. "Pretendo estudar e me especializar para buscar o máximo de conhecimento possível, tanto na área que trabalho atualmente quanto na área de minha graduação. Desejo colaborar ao máximo com a empresa, prestando o melhor atendimento possível e sendo uma profissional diferenciada no mercado de trabalho", diz.

Ingressando na empresa após o envio de currículo, a jovem pretender crescer ainda mais. "Quero realizar meu trabalho com muito amor, pois assim, minha realização profissional virá como consequência", relata.

HABILIDADES

A qualificação profissional e a experiência prática em uma indústria podem ser o primeiro passo para adolescentes e jovens fazerem suas escolhas e definirem suas trajetórias profissionais, em especial ao jovem em situação de vulnerabilidade social.

Para o conselheiro do Ciesp Jundiaí, Manoel Flores, esta oportunidade ajuda a moldá-lo como cidadão. "Admitindo um jovem em situação de vulnerabilidade, a empresa ajuda a ele, sua família e a sociedade como um todo", afirma.

Para ele, o ingresso ao mercado deve estar além da leis e cotas. "A indústria precisa cumprir cotas, mas algumas empresas em Jundiaí não se preocupam apenas com cotas, mas sim em dar oportunidade de primeiro emprego, experiência e descobertas profissionais", diz o conselheiro.

EXEMPLO

Gerar emprego e cuidar das pessoas é o mais importante papel social da iniciativa privada. E nesta data tão expressiva tenho a honra de dizer que estamos cumprindo com este propósito.

"Especialmente hoje, no Dia da Indústria, gostaria de enfatizar a importância do nosso papel na geração de riqueza para o país. Em meio a tantos benefícios que a indústria nacional proporciona ao Brasil está a formação de mão de obra. O trabalho dignifica o homem", relata Ana Oliva.

Esta é uma máxima que reforça o quanto ter um emprego vai muito além da remuneração pelo serviço executado. Trabalho significa dignidade, prosperidade, oportunidade, sustento, vida.

"A formação de mão de obra está no DNA da Astra. Somos reconhecidos por este trabalho e temos orgulho em dizer que fomos responsáveis pela formação de milhares de profissionais na Região de Jundiaí", enfatiza.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: