Jundiaí

Paineiras completa 33 anos com foco em investimentos internos

O empreendimento tem sido um dos pontos preferidos de lojistas de Jundiaí


ARQUIVO PESSOAL
Everton Almeida diz que a retomada do movimento já vem ocorrendo
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

O mais antigo centro de compras de Jundiaí, o Paineiras Shopping, completa 33 anos de atividades nesta quarta-feira (26). Localizado na avenida 9 de julho, o empreendimento tem sido um dos pontos preferidos de lojistas que desejam investir no município.

Segundo o subsíndico e proprietário de uma loja no Paineiras, Everton Almeida, a retomada do movimento já vem ocorrendo e a expectativa é que isso seja progressivo. Ele adianta que, a partir de setembro, o espaço estará funcionando com a capacidade total de lojas e clientes.

"Esta será a decorrência da restruturação que teve início antes da pandemia e que se intensificou nesse período instável", adianta.

Esta restruturação será possível em três pilares. O primeiro na ocupação estratégica dos espaços disponíveis a partir de um mix diversificado e complementar, restruturação administrativa com redução de custo, visando melhores condições para os lojistas que estão e para os que virão e consolidar o negócio.

"A proposta é um marketing forte para consolidar nossos clientes fiéis e atrair mais pessoas que desfrutem de um ambiente aconchegante, bonito e agradável, que é a marca registrada do Paineiras desde sua fundação".

COMEMORAÇÃO

No Paineiras desde março do ano passado, Everton Almeida espera que todos que visitem o espaço se apaixonem e aproveitem as opções oferecidas. "Essa paixão que tenho cria um atmosfera que ajuda na comercialização dos meus produtos, minha opção pelo Paineiras foi custo e benefício, e posso ver uma grande perspectiva de futuro".

Nesta comemoração, o subsíndico dá um recado aos jundiaienses. "Neste dia, quando completamos 33 anos, será um prazer receber você e toda sua família para desfrutar do primeiro shopping de Jundiaí. Aqui mantemos suas características originárias de um local aberto com ventilação natural e muito verde", enfatiza.

(Simone de Oliveira)

 


Notícias relevantes: