Jundiaí

Rede Mundial de Cidade das Crianças, da qual Jundiaí faz parte, completa 30 anos

Integrante da rede desde 2018, Jundiaí tem articulado iniciativas sob tutela de um programa municipal


DIVULGAÇÃO
A proposta é que Jundiaí seja referência para outros municípios
Crédito: DIVULGAÇÃO

A Rede Mundial de Cidade das Crianças completa 30 anos nesta quinta-feira (27). O grupo, do qual Jundiaí faz parte, é atualmente composto por 200 cidades em 15 país da Europa e América Latina, e foi idealizado pelo pensador, pedagogo e desenhista o italiano Francesco Tonucci. Com o foco no desenvolvimento durante a Infância, período mais fértil e decisivo da vida, a proposta da Rede é garantir nas cidades integrantes a liberdade e autonomia das crianças como condição para que as suas sociedades sejam verdadeiramente democráticas.

Integrante da rede desde 2018, Jundiaí tem articulado diversas iniciativas intersetoriais das Unidades de Gestão da Prefeitura sob a tutela de um programa municipal de mesmo nome, Cidade das Crianças. Conforme sinalizado por Tonucci e demais articuladores da Rede, a proposta é que Jundiaí seja referência para outros Municípios de Língua Portuguesa em todo o mundo.

“27 de maio marca a aprovação, pelo conselho comunal (análogo à Câmara Municipal) de Fano (Itália) do Cidade das Crianças. A primeira motivação foi a necessidade de as crianças recuperarem a autonomia de movimento que haviam perdido, ainda mais na fase mais importante de seu desenvolvimento. Depois surgiu a motivação de deixar que elas participassem das decisões dos governos das cidades onde moravam. Três décadas depois, 200 cidades parecem muitas, mas, honestamente, são poucas e sempre serão. A nossa é uma proposta exigente, rigorosa e radical, que exige mudanças efetivas”, comenta Tonucci.

O prefeito Luiz Fernando Machado felicitou, na pessoa do professor Tunucci, toda a extensa Rede e compartilhou as ações de Jundiaí na proposta. “Em Jundiaí, boas ideias e com fácil execução têm causado a transformação na forma como pensamos a cidade, principalmente no que diz respeito às crianças. Integrar as praças e espaços públicos à rotina escolar, encarar a brincadeira como coisa séria, garantir espaços para a amamentação nos equipamentos públicos e escutar as crianças através de um Comitê constituído, por exemplo, somam-se a outras iniciativas grandiosas, como a construção de um Mundo das Crianças e a inclusão de um capítulo sobre a Infância em nosso Plano Diretor. Estamos de portas abertas para compartilhar nossa experiência e as metas que já construímos”.

Tonucci ressalta o papel de Jundiaí para difundir a proposta. "Infelizmente a pandemia adiou uma visita minha programada à cidade no ano passado. No entanto, nossa impressão com a cidade e o prefeito é muito positiva, pois parecem ter acolhido o projeto em seu significado e já trabalham de modo coerente para desenvolvê-lo. Espero que Jundiaí possa difundir a proposta para outras cidades, dentro e fora do Estado de São Paulo, criando a estrutura para uma rede brasileira de cidades”.

O livro “Città dei Bambini” foi, há dois anos, traduzido do original em Italiano para o Português. E há pouco mais de dez dias, Jundiaí participou do evento internacional de adesão de Valongo, primeiro município de Portugal, à rede mundial.

O gestor da Unidade de Gestão de Cultura, Marcelo Peroni, um dos articuladores da Prefeitura sobre políticas para a Infância, comenta o seu envolvimento com a proposta: “A adesão de Jundiaí à Rede tem me proporcionado uma verdadeira transformação. Do ponto de vista pessoal, a paixão com que o Tonucci trata do tema é algo muito inspirador. E do ponto de vista profissional, a preocupação é em ser multiplicador entre os demais gestores da Prefeitura, para que Jundiaí possa ser, de fato, uma Cidade das Crianças, e para que, efetivamente, possamos devolver a cidade para elas.Municípios de Língua Portuguesa interessados em aderir à Rede podem enviar um e-mail para [email protected]í.sp.gov.br. Teremos o prazer de compartilhar nossas experiências e boas práticas“.

Mais Tonucci
O professor italiano terá uma participação especial na programação da 2ª Festa Literária de Jundiaí (FLIJ) neste sábado (29). Com o tema “O protagonismo da criança, sua formação e sua relação com a cidade”, a mesa de entrevista começa às 10h e será transmitida pelos canais da UGC no Facebook e YouTube.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: