Jundiaí

Jundiaí lança o programa Horta Urbana em espaços públicos ociosos


Divulgação
Programa vai oferecer espaços públicos ociosos para o cultivo
Crédito: Divulgação

Em continuidade às comemorações da Semana do Meio Ambiente, a Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), lança o programa Horta Urbana, que vai disponibilizar áreas públicas ociosas para os munícipes que queiram cultivá-las.

“A iniciativa visa envolver a participação da comunidade no plantio e na manutenção das hortas comunitárias e urbanas e, sobretudo, a promoção da cidadania e engajamento dos moradores na melhoria do local onde vivem, além de ofertar uma possibilidade de geração de renda, principalmente neste momento de pandemia”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado.

O programa visa oferecer alternativas para promover a segurança alimentar dos munícipes e uma fonte de renda alternativa para a população, estimular a economia solidária e as práticas comunitárias em espaços públicos e ainda estimular o contato de crianças e adolescentes com a natureza. Além disso, as hortas também contribuem com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O mapeamento das áreas com bairros de maior vulnerabilidade já foi realizado e inicialmente são 15 áreas disponibilizadas. Nas hortas poderão ser cultivadas hortaliças, plantas medicinais, aromáticas, ornamentais e espécies frutíferas.

A prioridade será para pessoas que tenham residência próxima ao local da horta, que façam o uso coletivo do espaço como grupos representados por associações de bairro e organizações sociais. “O município ficará responsável pela preparação dos canteiros e pela oferta inicial de insumos aos interessados em situação de vulnerabilidade, inscritos no Cadastro Único”, explica o gestor de Planejamento Urbano e Meio Ambiente, Sinésio Scarabello Filho.

“Para ser contemplado com a cessão do espaço para a horta urbana, o participante deverá primeiro fazer o curso oferecido pela Prefeitura, de forma gratuita, e ter sua aptidão certificada”, explica a diretora de Urbanismo, Sylvia Angelini.

A primeira edição do curso será realizada durante três sábados, dias 19 e 26 de junho e 3 de julho, das 8h às 13h, pela Escola de Governo, em parceria com a ETEC Benedito Storani. Cada turma contará com 15 participantes para respeitar os protocolos de segurança sanitária.

Para se candidatar ao programa Horta Urbana é necessário se cadastrar no site da Prefeitura, ser morador de Jundiaí, participar do curso de capacitação, com obtenção do certificado de aptidão. É importante comprometer-se com as atividades de manutenção da horta e atender as legislações vigentes. Cada interessado pode se candidatar para até duas áreas.

O programa Horta Urbana conta com o apoio das Unidades de Agronegócio, Abastecimento e Turismo, Infraestrutura e Serviços Públicos, Assistência e Desenvolvimento Social, Escola de Governo, Governo e Finanças, Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural.


Notícias relevantes: