Jundiaí

Alta nas internações força ampliação de leitos covid

LEITOS Depois do feriado, a média móvel de atendimentos por dia nas Sentinelas foi de 400 pessoas


DIVULGAÇÃO
Em alguns municípios da região, a ocupação de leitos já é preocupante
Crédito: DIVULGAÇÃO

O aporte público para o tratamento da covid-19 em Jundiaí ganhou mais 16 leitos esta semana chegando a 166 entre enfermaria (84) e UTI (82), além de 14 leitos na UPA Vetor Oeste. A mudança ocorre após o registro de aumento de 35% na quantidade de internações no município.

De 24 a 30 de maio foram 85 entradas no Hospital São Vicente (HSV) e entre 31 de maio e seis de junho, as entradas no HSV subiram para 115.

Para o gestor da Unidade de Promoção da Saúde de Jundiaí (UGPS), Tiago Texera, a média móvel de internações, que estava estável, também subiu. "As entradas cresceram 35% e a média móvel 31% na última semana. A quantidade de leitos ocupados aumentou em 6,5%. Estamos com 318 leitos ocupados em média e esses números nos fizeram ampliar a capacidade de leitos. Vínhamos em um platô onde a ocupação não tinha variação há algumas semanas, mas esta alta já nos põe em um estado de atenção. Saímos do platô e vamos verificar se o aumento continua e puxa uma terceira onda."

O número de novos casos registrados, no entanto, teve uma leve queda que, segundo Texera, não reflete a realidade neste momento, principalmente por conta do feriado prolongado de Corpus Christi. "As pessoas tendem a procurar menos os equipamentos de saúde. Na segunda-feira, após o feriado, a média móvel de atendimentos por dia nas Unidades Sentinelas foi de 400 pessoas com síndrome gripal. No feriado era de 300 pessoas por dia. Só na segunda foram 719 atendimentos, recorde do mês até agora", aponta o gestor sobre os atendimentos que antecedem possíveis internações.

REGIÃO

Em Louveira há 16 leitos de UTI, dos quais 15 estão ocupados atualmente. Na segunda-feira, o município atingiu 100% de ocupação: além dos 16 de UTI, tinha pacientes nos leitos de cuidados semi-intensivos e 11 no Hospital de Campanha.

Dos 50 leitos de enfermaria exclusivos para covid-19 em Campo Limpo Paulista, 29 estão ocupados, o que significa 58%. Já dos 10 leitos de UTI, oito estão ocupados, 80%.

Itupeva informa que tem 10 leitos de UTI, sendo que nove deles estão em uso, 90%, e 18 leitos de enfermaria, com 11 pessoas internadas, 62%.

Em Jarinu não há leitos para covid-19, apenas leitos clínicos na Unidade Mista de Saúde, mas mantém convênio com a prefeitura de Campo Limpo Paulista para o uso de leitos no Hospital de Clínicas.

O hospital municipal de Várzea Paulista possui 21 leitos de enfermaria exclusivos para o tratamento da covid-19, nove estão ocupados, 42,8%.

Cabreúva tem 16 pacientes ocupando leitos covid na cidade, 44% de ocupação dos 36 leitos. O município não possui UTI para covid, por isso, três pessoas aguardam transferência para outra cidade.

VACINAÇÃO

Tiago Texera diz que o perfil de doentes pela covid-19 tem mudado. Em maio de 2020, a maioria dos pacientes tinha mais de 60 anos e, em maio deste ano, os idosos passaram a ser minoria nas internações. Isso se deve em parte pela mutação do vírus e em parte pela vacinação, que segue na cidade conforme o envio de doses.

"O município aplica o que recebe. A gente está esperançoso para cumprir o calendário anunciado pelo governo estadual. Já aplicamos 183 mil doses, 127 mil foram primeira dose, o que dá cerca de 30% da população. A imunidade de rebanho chega com 70% da população imunizada, então vai demorar mais um pouco, mas o Brasil terá mais doses neste segundo semestre", acredita.

Como crítica construtiva ao calendário, Texera fala do anúncio estadual de imunização de novos grupos sem o envio de doses necessárias. "Hoje chegou vacina para 50% da população com deficiência, 3.785 doses. Vou vacinar essa quantidade, o que chega já é direcionado e a gente só executa. O governo publicou que profissionais do transporte seriam vacinados, mas Jundiaí ainda não recebeu vacina para este grupo, apenas os que trabalham na Capital e moram aqui vão poder tomar a vacina lá", pontua.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: