Jundiaí

Casais provam que distância não é obstáculo para o amor

Com o avanço da tecnologia, os aplicativos de namoro se tornaram cada vez mais populares e agradam desde os jovens aos mais velhos


ARQUIVO PESSOAL
Edward Campanario e Karoene se conheceram pela internet em 2014
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

Para muitos casais, a distância nunca foi um problema para engatar em um relacionamento. Com o avanço da tecnologia, os aplicativos de namoro se tornaram cada vez mais populares e agradam desde os jovens aos mais velhos.

O casal Edward Campanario e Karoene Alencar, ambos de 34 anos, se conheceu em um site de relacionamento em 2014, ano em que o site encerraria as atividades no país. Ele foi o primeiro a se inscrever e relata que encontrou o perfil dela, hoje sua esposa, no último mês de operação da plataforma. "Fui direto para a opção de mensagens para ver se dava tempo. Achei o perfil muito interessante. Ela parecia ser bem inteligente e era da área de educação, assim como eu. Ela respondeu o contato e marcamos de nos falar via skype", afirmou Campanario.

Ele era de Angra dos Reis e Karoene de São Paulo, mas nem mesmo a distância impediu o casal de se encontrar pessoalmente. "Nós trocamos telefone e combinamos de nos encontrar pessoalmente no dia 22 de março, no terminal Tietê. Caiu uma baita chuva. Levei flores e tudo. Quando a vi, foi um encontro bem ao estilo de filme, quer dizer, um abraço caloroso e um beijo profundo."

Após dois anos se encontrando apenas uma vez por mês, os dois passaram em um concurso público e resolveram morar juntos. "Depois de dois anos morando longe um do outro, tudo se ajustou. Quando ela conseguiu trabalhar em uma escola próxima a Jundiaí, conseguimos nos estabilizar na cidade e morar junto, desde então nossa relação só se intensificou, apesar do tempo. Acho que algoritmo de estudo de personalidade do site funcionou bem", comenta Edward.

A controladora de acesso Gisele Martins dos Santos e o fiscal de loja Sandro Antonio de Moraes se conheceram pelo Facebook em abril do ano passado e um mês depois já engataram em um relacionamento. "Eu coloquei minha foto na rede social e ele curtiu e me mandou uma mensagem. No mesmo dia nós trocamos o número de telefone e começamos a conversar", afirma Gisele.

Os dois eram residentes de Jundiaí e depois de algumas conversas pela internet, combinaram de se encontrar pessoalmente. "Marcamos um encontro e ele veio para casa para nos conhecermos pessoalmente e eu descobri que, assim como eu, ele era recém-separado e estava em busca de conhecer novas pessoas e isso nos conectou ainda mais", comenta Gisele.

Para o casal, muitas pessoas ainda insistem em falar que relacionamentos da internet não dão certo, mas isso é um estigma que deve ser quebrado. "Muitos falam que namoro pela internet não dá certo, mas somos a prova de que pode dar certo sim.", conclui.

(Luana Nascimbene)

 


Notícias relevantes: