Jundiaí

No trilho da inovação, Jundiaí mira a iluminação inteligente


Divulgação
O objetivo da administração é trocar todos os pontos de iluminação
Crédito: Divulgação

A partir de um ponto de iluminação pública disponibilizar inúmeros serviços como conexão wi-fi, sistema de monitoramento da segurança e lâmpadas inteligentes que acendem quando o sensor identifica movimentação de pessoas. Esses são alguns dos atrativos que a Prefeitura de Jundiaí busca a partir da Parceria Público-Privada que teve o edital de licitação publicado no início do mês.

O objetivo da administração é trocar todos os 47 mil pontos de iluminação convencional - em sua grande maioria de vapor de sódio, por lâmpadas de LED e preparar o caminho para o crescimento do conceito e serviço de uma ‘smart city' (cidade inteligente).

“Além de iluminação de qualidade e da economia que será gerada com o novo sistema de LED, a intenção é agregar mais serviços inteligentes para a população a partir de um ponto mapeado na cidade e que já conta com infraestrutura de tecnologia. Jundiaí está entre as 10 cidades brasileiras mais inteligentes e conectadas e esses investimentos reforçam o nosso compromisso com a melhoria dos indicadores de qualidade de vida da cidade. Outra questão importante é que essa agenda é parte de um plano de desenvolvimento sustentável da cidade, com a redução da emissão de gás efeito estufa, a partir da troca da iluminação antiga por lâmpadas ambientalmente sustentáveis”, argumenta o Prefeito Luiz Fernando Machado.

Para que o munícipe possa entender a mudança, é possível observar a iluminação em LED implantada pela Prefeitura na pista de corrida do Complexo Educacional, Cultural e Esportivo Dr Nicolino de Luca (Bolão) e a área de lazer do Vale Azul.

O modelo de PPP em licitação proporciona vantagens à administração municipal e é a alternativa mais eficiente para alavancar esses investimentos em serviços públicos no conceito de cidade inteligente.

“A iluminação em LED não somente amplia a eficiência energética como reduz custos – redução de quase 50% de consumo de energia - a partir de sistemas inteligentes, assim como poderá oferecer pontos de monitoramento para segurança feita pela Guarda Municipal, além de permitir a instalação de sensores para outros serviços que utilizam (IOT) internet das coisas, como a semaforização inteligente e a sinalização que dialoga com o transporte coletivo e que servem para agilizar os deslocamentos pela cidade. Além disso, a cidade mais iluminada ficará mais segura”, comenta o gestor da Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF) José Antonio Parimoschi.

Em detalhe
A PPP define a modalidade de concessão administrativa para gestão, modernização, eficientização, expansão, operação e manutenção da infraestrutura, com sustentabilidade ambiental, do sistema de iluminação pública do Município de Jundiaí.

Considerando inicialmente a substituição da iluminação funcional viária, que representa 95,4% dos pontos de iluminação pública do parque do Município, demonstram uma economia de energia de 48,58%.

“Utilizar LEDs de alta qualidade para a substituição do parque existente. O desenvolvimento recente desta tecnologia elevou-a a condição de melhor relação de fluxo luminoso gerado por Watt (unidade de medida) consumido no acendimento. Outro destaque é utilizar sistema de telegestão para monitoramento e planejamento do parque de iluminação”, comenta o gestor da Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) Adilson Rosa.


Notícias relevantes: