Jundiaí

Vacinas aprovadas pela Anvisa são eficazes. Escolha de imunizante prejudica vacinação


Divulgação
Vacinas disponibilizadas pelo Ministério da Saúde são aprovadas pela ANVISA
Crédito: Divulgação

Com a ampliação da campanha de vacinação contra a covid-19 e a perspectiva de novas vacinas a ser inseridas no Plano Nacional de Imunização (PNI), parte da população se questiona sobre a escolha da dose a ser recebida. O procedimento não é adequado, já que a proteção contra a doença exige, não somente a imunização individual, como a proteção em massa conquistada com o aumento no número de pessoas vacinadas. As três vacinas aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) disponíveis pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) têm eficácia comprovada contra a covid-19.

“Jundiaí já recebeu doses da Coronavac/Butantan, Oxford/Astrazeneca e Biontech/Pfizer encaminhadas para grupos determinados no Plano Estadual de Imunização (PEI). Como não há ampla oferta de doses, é essencial que a população não perca tempo quando o seu grupo for disponibilizado. Todas as vacinas são aprovadas, portanto, são eficientes e seguras. Quanto mais pessoas vacinadas, maior a cobertura vacinal, e consequentemente, a redução na circulação do vírus causador da doença”, comenta o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera.

 


Notícias relevantes: