Jundiaí

Pai luta pela vida para criar filho

Raphael organizou vaquinha virtual para arrecadar R$ 360 mil para o tratamento de um tipo raro de câncer


ARQUIVO PESSOAL
Raphael Voltan trava uma batalha contra um tipo raro de câncer
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

Na tentativa de se curar e prolongar o tempo de vida para criar seu filho Rhavi, de 11 meses, Raphael Melo Voltan, de 31 anos, organizou vaquinha virtual para arrecadar R$ 360 mil para o tratamento de um linfoma não hodgkin, tipo raro de câncer.

O câncer de Voltan é do tipo primário de mediastino com metástase e atinge os pulmões, pâncreas e rins. "É um tipo raro e agressivo. Já fiz vários tratamentos e um ano de quimioterapia, mas a doença só aumenta", afirma.

O pai de família faz tratamento pelo SUS, mas sem sucesso a única alternativa são os remédios de alto custo, como o medicamento conhecido como Pembrolizumabe que custa em torno de R$ 17 mil. "Entrei na justiça para conseguir o remédio, mas tendo em vista a demora do processo, meus amigos deram a ideia de montar a vaquinha on-line", diz Voltan.

A esperança de cura é nutrida pelo desejo de criar o pequeno Rhavi, de 11 meses. "Eu quero viver mais com meu filho, ver ele crescer, falar e andar. Quero mostrar tudo da vida pra ele e vê-lo feliz", afirma o pai.

O valor arrecadado até o momento é de R$ 61 mil. A ideia é conseguir a quantia total o mais rápido possível. "A doença não espera e não existem remédios específicos ou estudos para combatê-la, por isso a urgência para conseguir o Pembrolizumabe e iniciar o novo tratamento", diz.


COMO DOAR

As contribuições para a campanha podem ser feitas pelo link da vaquinha ou Pix.

Vaquinha https://www.vakinha.com.br/vaquinha/tratamento-de-cancer-linfoma-nao-hodgkin

Pix

385.871.608-18

 


Notícias relevantes: