Jundiaí

UGADS esclarece que há abordagem


                                 ALEXANDRE MARTINS
Juarez Alves da Cruz é natural do Paraná, mas está em Jundiaí há anos
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

A Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS) informa que, acerca da matéria 'Submoradia chega aos bairros de alto padrão', publicada no caderno de Cidades da edição de domingo (25) deste jornal, ambos os entrevistados pela reportagem são referenciados pela rede socioassistencial do município, tendo já recebido ofertas para os serviços do Centro Pop (alimentação, higiene, roupas e obtenção de documentos), acolhimento para pernoite, oferta de cobertores e recâmbio para município de origem.

A UGADS informa também que o indivíduo identificado na praça do cruzamento entre as avenidas Nove de Julho e Coleta Ferraz de Castro teve seu primeiro registro de atendimento pela rede socioassistencial do município em 2017.

Desde então, esteve por diversas vezes no Cento Pop e recebeu atendimentos pelas equipes de abordagem social, inclusive na última quinta (22), por conta da Operação Noites Frias.

Na ocasião, foi feita tentativa de convencimento para saída de área pública por meio do acolhimento noturno e, diante da recusa, ofertaram-se cobertores.

Nesse período também tem-se tentado o contato com sua família no estado do Paraná para oferta de recâmbio. Já acerca dos imóveis localizados na rua Jorge Zolner, referidos pela reportagem, a UGADS informa que, por se tratar de áreas particulares, cabe aos proprietários zelar por sua manutenção, para que não haja ocupações.

Em relação ao indivíduo entrevistado, a UGADS informa que também se trata de referenciado pela rede desde 2016, tanto por meio de atendimentos no Centro Pop quanto pelas equipes de abordagem social.

Ainda nesta segunda (26), conforme cronograma de abordagens pré-estabelecido, a UGADS realizou nova oferta para recâmbio ao estado da Bahia, onde já tem contato com familiar. Nesta ocasião, o indivíduo afirmou que ainda esta semana irá aceitar a oferta.

(Da Redação)


Notícias relevantes: