Jundiaí

Agosto é marcado por falta de chuva e tempo seco

Tempo seco pode provocar doenças alérgicas, quadros respiratórios e desconforto


                                    ALEXANDRE MARTINS
Falta de chuva e temperaturas elevadas devem predominar na região
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

O tempo seco predominante nos últimos dias, causado pela falta de chuva e temperaturas elevadas, pode desencadear impactos negativos no corpo, como doenças alérgicas, quadros respiratórios e desconforto.

De acordo com a Defesa Civil, Jundiaí ainda não registrou chuva neste mês e o destaque é o calor, com temperaturas aumentando de forma rápida e ficando na maior parte do Estado acima dos 30°. A média para o mês de agosto nos últimos nove anos é de 47 milímetros de chuva.

Segundo o pneumologista Eduardo Leme Ferreira, a falta de chuva e as temperaturas elevadas podem desencadear doenças alérgicas, problemas respiratórios e afetar a pele. "O clima seco prejudica a pele, as vias respiratórias e aumenta o quadro alérgico, além de causar desconforto no nariz, garganta e pulmão", afirma o pneumologista.

CUIDADOS

Para Eduardo Leme Ferreira, manter alguns cuidados são essenciais para amenizar os sintomas e evitar os impactos graves que a falta de umidade pode causar em nosso corpo. "É fundamental beber bastante água durante o dia e manter a hidratação, além do uso de filtros solares e hidratantes para a pele, também é recomendado ingerir alimentos mais leves durante este período e, se necessário, fazer o uso de soro fisiológico", afirma o especialista.

Estes cuidados podem prevenir sintomas como tosse, sangramento e ressecamento das narinas, dores de garganta e crises alérgicas.

O médico também afirma que até os procedimentos mais simples podem ajudar a lidar com a situação e aliviar os casos. "Deixar uma toalha úmida ou bacia com água ao lado da cama quando for dormir e deixar o ambiente sempre limpo, arejado e com entrada para o sol também ajudam a evitar o agravamento dos sintomas".

Para quem sofre de doenças alérgicas como rinite, bronquite e sinusite, devem redobrar a atenção e os cuidados e, nos casos mais graves, Eduardo Leme Ferreira recomenda consultar um médico regularmente.

PREVISÃO DO TEMPO

Em Jundiaí, os termômetros chegam a mais de 30º, segundo Climatempo, site especializado em previsão do tempo. A semana começou com temperaturas mínimas entre 15ºC e 30ºC. Mais para o fim da semana, porém, devem marcar entre 17ºC e 32ºC.

Nesta quinta-feira (19), o sol aparece ao longo do dia e as temperaturas aumentam rapidamente. Durante a tarde, o tempo segue firme, faz calor e a umidade relativa do ar fica baixa, principalmente no norte paulista.

A perspectiva de chuva é apenas para a final da próxima semana, entre quarta e quinta-feira.

(Luana Nascimbene)

 


Notícias relevantes: