Jundiaí

Lojas de moda praia decidem ampliar segmento de vendas

SOLUÇÃO Para evitar a perda dos clientes e estoque encalhado, lojistas investem em outras categorias e ampliam as coleções


                                                    ALEXANDRE MARTINS
Juliana Bortnik afirma que a procura pela coleção de verão já começaram
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Para alavancar as vendas durante os períodos mais frios, lojistas de moda praia resolveram investir em outros segmentos, como moda fitness e casual, sem precisar aumentar os valores.

A vendedora de uma loja especializada em moda praia e piscina, Juliana Bortnik, diz que a solução para continuar com as vendas, mesmo durante as baixas temperaturas, foi ampliar o segmento da loja. A unidade começou a investir em outras coleções.

""O foco da loja é a moda praia e a maior procura vem disto, mas com a queda das vendas durante o inverno e clubes e a proibição de ir à praia, decidimos adicionar peças casuais que acabaram ficando fixas na loja, como as calças jeans e roupas feitas com tricô", afirma Juliana Bortnik.

A funcionária segue otimista para a chegada do verão e as temperaturas elevadas, predominante durante os últimos dias, ajudam a manter as expectativas altas. "Acredito que o verão deste ano será um dos mais quentes, então o otimismo em relação às vendas é bem grande, espero vender o dobro do ano passado", comemora Juliana.

BOA PROCURA

Peças como biquínis e maiôs, além de acessórios como chapéus e bolsas têm tido boa procura, mas as roupas leves e floridas, que remetem ao clima de verão, já são procurados.

"Renovamos nossa coleção para os dias quentes com novos modelos de roupas de banho e acessórios. Esperamos que o movimento continue crescendo durante os próximos dias", completa a lojista.

A proprietária de uma loja de roupas femininas do bairro Jardim São Bento, Márcia Maria Ferreira da Cunha, decidiu investir nos pijamas e roupas íntimas nos últimos meses, deixando a moda praia um pouco de lado. "Como as pessoas estavam ficando em casa, trabalhando de home office e o inverno deste ano foi bem intenso, as vendas de pijama cresceram muito, por isso foquei neste ramo durante os últimos meses", afirma Márcia.

A empresária espera melhorar as vendas em relação ao último ano e as expectativas são positivas para os próximos meses. "Já estamos recebendo bastante procura pela coleção de moda praia. Nosso diferencial são as vendas de peças avulsas, o que tem atraído mais clientes", completa Márcia.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: