Jundiaí

UGMT informa mudanças no Código de Trânsito para motociclistas


Divulgação
Uma das mudanças é a punição para quem trafega com a viseira levantada
Crédito: Divulgação

A Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte, por meio do Programa Laço Amarelo, informa algumas mudanças realizadas no CTB (Código de Trânsito Brasileiro) a partir de abril deste ano, com foco nos motociclistas. No entanto, todos que transitam pelas vias de Jundiaí devem estar atentos às regras.

“Em março deste ano, a Prefeitura de Jundiaí fez a adesão ao Programa Laço Amarelo, voltado para reduzir acidentes de trânsito investindo na educação dos motoristas da cidade”, explica o gestor de Mobilidade e Transporte, Aloysio Queiroz. “E um dos nossos focos principais, quando se tratam de informações sobre segurança e educação no trânsito, é o motociclista.”

Uma das alterações no CTB é o aumento da idade mínima para transportar crianças em motocicletas, motonetas e ciclomotores, que passou dos 7 anos para 10 anos. A proposta é proteger as crianças. “O ideal é que cada adulto avalie se a criança com dez anos ou mais tem habilidade para ser um garupa”, informa Aloysio. Destreza, agilidade, entender os movimentos do motociclista são essenciais para a segurança do garupa. Se a criança nunca subiu em uma motocicleta, o ideal é treinar com ela em local seguro, antes de sair pelas ruas e avenidas.

Outra mudança foi a punição para quem trafega com a viseira levantada, um item feito para a segurança do motociclista. Pedras, insetos, objetos muito pequenos podem atingir os olhos se a viseira estiver levantada e levar a um acidente. Um alerta importante é trocar a viseira do capacete, caso ela esteja riscada ou trincada.


Notícias relevantes: