Jundiaí

Falta de chuva compromete qualidade do ar

O tempo seco predominante na região causa poluição e deixa a região em estado de atenção


ARQUIVO PESSOAL
Alessandra do Nascimento sofre com doenças alérgicas no tempo seco
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

A falta de chuva e o tempo seco predominante na região durante os últimos dias dificultam a dispersão dos poluentes, poluição e fumaça de incêndios e comprometem a qualidade do ar.

De acordo com a Defesa Civil de Jundiaí, o índice de Umidade Relativa do Ar (URA) registrado nesta sexta-feira (20) foi de 21,78%. O número considerado baixo e que coloca o município em estado de atenção.

Perigo para quem sofre de doenças respiratórias. É o caso da dona de casa Alessandra Cecília do Nascimento, portadora de rinite alérgica e asma. Nos dias mais secos o desconforto é evidente.

"Tenho crises diárias que pioram muito com esse tempo, tem dias que mal consigo dormir", afirma a dona de casa. Faço uso contínuo de soro fisiológico, spray nasal e medicamentos prescritos para aliviar os sintomas, mas quando a crise aperta sou obrigada a ir ao médico", explica Alessandra.

PREVISÃO

De acordo com o Climatempo, site especializado em previsão do tempo, índice ideal de Umidade Relativa do Ar é chamado de estado de observação e requer números acima de 30%.

Em seguida se encontra o estado de atenção, para índices de 21 a 30%, seguido pelos estados de alerta (entre 12 e 20%) e o mais grave entre os quatro, estado de emergência, com índices abaixo de 12%.

Poluição, falta de chuva, vento, temperaturas elevadas, queimadas e clima seco, são fatores que contribuem para a queda da umidade e, consequentemente, baixa qualidade do ar.

PREOCUPAÇÃO

Diante do aumento da temperatura e mais de 20 dias sem chuva, na tarde da última quinta-feira (19), a umidade relativa do ar alcançou o estado de alerta, apresentando índice de 15%, número bastante preocupante.

Neste final de semana, o clima continua quente e sem chuva na região, segundo dados do Climatempo. No sábado (21), os termômetros variam entre 15°C a 32°C, já no domingo (22), a mínima é de 16°C e a máxima de 33°C

(Luana Nascimbene)

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: