Jundiaí

Atendimento à população em situação de rua ganha novo protocolo intersetorial


                             ARQUIVO JJ
Até o dia 20 pelo menos 90 ações integradas foram realizadas
Crédito: ARQUIVO JJ

As Unidades de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS); de Segurança Municipal (UGSM), Guarda Municipal (GM); e de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) deram início na segunda quinzena de julho a um novo protocolo integrado de atendimento e orientação à população em situação de rua. O novo formato foi articulado ao longo do primeiro semestre e é voltado, principalmente, à região central do Município e outros bairros com a presença de moradores de rua.

Até esta última sexta-feira (20), de acordo com o primeiro balanço divulgado pelo grupo intersetorial, forma realizadas 90 ações integradas (37 matutinas, 37 vespertinas e 16 noturnas), sendo que 79 delas houve também demanda por retirada de acúmulo de materiais e limpeza pública (21 no Centro, 14 na avenida Nove de Julho, 11 na região da Casa de Passagem, nove na região da Estação Ferroviária, e outas 24 em locais diversos).

O atendimento inicial é feito por equipes do Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas), que passaram a realizar duas ações diárias nas ruas, uma pela manhã e outra à tarde. A estratégia é, além de identificar as pessoas, orientá-las sobre a porta de entrada da rede socioassitencial para esse público, que é o Centro Pop. “Todo o trabalho realizado pelas equipes da UGADS tem como foco a proteção e o cuidado à população em situação vulnerável, seja com direcionamento para atendimento e cuidados em saúde, alimentação e abrigo ou oferta de oportunidades para a mudança da própria realidade, com o restabelecimento de vínculos familiares e apoio multidisciplinar”, explica a gestora Maria Brant.

Localizado na rua Marechal Deodoro da Fonseca, 605, o Centro Pop oferta alimentação, espaço para higiene pessoal e de roupas, atendimento psicossocial e encaminhamentos para tirada de documentos. O Centro Pop encaminha os atendidos para vagas de pernoite (nas modalidades abrigo, casa de passagem e república) ou para recâmbio ao Município de origem, já que a maioria desse público não é oriunda de Jundiaí, desde que estabelecido contato com familiar ou responsável pela recepção.

Durante as abordagens, as equipes também identificam acúmulo de materiais (resíduos, restos de alimentos e inservíveis) para acionamento do Departamento de Limpeza Urbana da Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) e inclusão em seus cronogramas de serviços.

Sempre que a GM identificar alguma pessoa em situação de rua, o agente responsável aciona a rede socioassitencial para verificar se se trata de pessoa já referenciada pelo serviço. Em caso negativo, a pessoa é direcionada ao Centro Pop (durante o dia) ou abrigo institucional (noturno). Em casos de pessoas já referenciadas, a GM reforça as ofertas da rede para acompanhamento.

Toda vez que alguém se deparar com pessoas em situação de rua ao longo do dia, a orientação é que sugira o encaminhamento para o Centro Pop. Já durante a noite, até as 22h, indica-se que seja feito contato com a equipe de abordagem social pelo telefone (11) 98531-0146. Após esse horário, o telefone indicado é o 153 da Guarda Municipal. Já em casos em que for identificada intoxicação ou ocorrências de risco à vida da pessoa em situação de vulnerabilidade, o Samu poderá ser acionado pelo telefone 192.

A Prefeitura realiza ainda neste período a Operação Noites Frias, quando reforça as abordagens pelas ruas da cidade em noites cuja previsão meteorológica indica temperatura igual ou inferior a 13°C, com encaminhamento para pernoite em abrigo da Prefeitura.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: