Jundiaí

Pix auxilia na venda de produtos pelas ruas

O Pix tem facilitado a vida de pequenos comerciantes que trabalham pelas ruas


ARQUIVO PESSOAL
Ailton Santiago de Oliveira Câmara aderiu ao pix para melhorar os lucros
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

O uso do Pix, pagamento instantâneo para ajudar nas transações comerciais, tem facilitado a vida de quem precisa fazer ou receber pagamentos, inclusive para os pequenos comerciantes que ficam pelas ruas vendendo suas mercadorias.

Assim tem sido para o morador de Várzea Paulista, Ailton Santiago de Oliveira Câmara, de 42 anos que, desempregado, ajuda sua esposa na venda de doces. Como não tem maquininha para cartão optou pelo pix. "A maioria não sai mais com dinheiro no bolso e o pix é uma boa opção, inclusive conseguimos ter um grande aumento nas vendas. No começo eu nem sabia o que era o pix, mas as pessoas sempre perguntavam se eu tinha, então fui atrás", conta.

Câmara e sua família moram em Várzea Paulista, mas as vendas acontecem pela região. "No inverno, os bolos de pote deram uma diminuída nas vendas, então, minha esposa começou a produzir alguns biscoitos amanteigados e fizeram um grande sucesso, mas o que ajudou a alavancar mais ainda foi quando começamos a usar o pix para vender", afirma.

Seu desejo é conseguir fornecer pequenos mercados com seus produtos. "Com fé em Deus, o próximo passo vai ser conseguir o MEI e atingir os mercadinhos, para as vendas dispararem de vez", comenta.

(Lucas Hideo)

 


Notícias relevantes: