Jundiaí

Jundiaí abre agenda para vacinação para adolescentes de 15 anos com comorbidades e ou PCDs


Divulgação
As comorbidades são as mesmas aceitas para a vacinação dos adultos
Crédito: Divulgação

Com aplicação nesta sexta-feira (27), a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) informa que a partir das 17h desta quinta-feira (25), será aberta agenda para vacinação da primeira dose de vacina contra a covid-19. O agendamento estará disponível pelos canais digitais (site a APP Jundiaí).

No dia da aplicação, é essencial que os adolescentes compareçam com CPF, documento com foto, comprovante de residência, documentos comprobatórios da comorbidade e acompanhados por pais ou responsáveis. Caso não seja possível o comparecimento acompanhado pelos pais ou responsáveis, o adolescente deve apresentar a declaração disponível abaixo (no site da Prefeitura) assinada pelos responsáveis. O cadastro no Vacina Já também facilita o registro da dose e deve ser feito pela população.

De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VE), Maria do Carmo Possidente, é essencial que os jovens se atentem à documentação. “Os adolescentes precisam fazer o registro dos dados no Vacina Já e realizar o agendamento no portal da Prefeitura de Jundiaí ou no APP Jundiaí. Quem não puder comparecer acompanhado dos pais ou responsáveis, deve apresentar a declaração disponível assinada. Esse documento será arquivado pela gestão”, comenta.

As comorbidades são as mesmas aceitas para a vacinação dos adultos, e a consulta pode ser feita no site da Prefeitura de Jundiaí, no link Perguntas Frequentes, da página Coronavírus.

Já as pessoas com deficiência (PCD), estão aptos aqueles que apresentem uma ou mais das seguintes limitações:
· motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escada;
· grande dificuldade ou incapacidade de ouvir;
· grande dificuldade ou incapacidade de enxergar;
· deficiência intelectual permanente que limite suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc.

Necessário apresentar relatório médico ou de enfermagem ou documento que comprove a deficiência.

FAÇA O DOWNLOAD DA DECLARAÇÃO PARA VACINAÇÃO SEM ACOMPANHAMENTO DOS PAIS


Notícias relevantes: