Jundiaí

Está chegando setembro, o mês da Primavera


Reprodução/Internet
JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINELLI
Crédito: Reprodução/Internet

Estamos chegando em setembro, um mês esperado por trazer a primavera, estação do ano que se segue ao inverno e precede o verão, iniciando-se no dia 23 no Brasil e tipicamente associada ao reflorescimento terrestre. Por isso se diz que é o período das flores, marcado por belas paisagens formadas por uma grande variedade tais como orquídea, jasmim, violeta, hortênsia, crisântemo, entre outras, sendo o país possuidor de uma flora abundantemente diversificada, com mais de 55 mil espécies. Elas tornam a natureza mais bela que nunca, vestindo-se de tipos de variadas cores, dos mais ricos matizes, de intensos e diversos perfumes.

Por essa razão, inspiram-se os poetas que lhes dedicam inúmeros versos. Vinicius de Moraes narra em sua poesia “Primavera”: “Acontece que eu estou mais longe dela/ Que da estrela a reluzir na tarde/ Estrela, eu lhe diria/ Desce à terra, o amor existe/ E a poesia só espera ver nascer a primavera/ Para não morrer”... Para Casimiro de Abreu, “a primavera é a estação dos risos”. Até o líder revolucionário Che Guevara sucumbiu aos seus encantos deixando uma frase celebre: “Os poderosos podem matar uma, duas ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a primavera inteira”.

Realmente, para muitos a alegria toma conta não só dos corações humanos, mas também dos animais, que também saem de seus refúgios e passam a circular com mais intensidade no alto e na terra. Por outro lado, o clima é bastante agradável, já que pode ser influenciado pelos oceanos meridionais do hemisfério sul onde está localizado o nosso país e que ainda está frio, mas com o passar dos dias eles vão ficando mais aquecidos, o que resulta em temperaturas amenas.

É uma boa época para renovar o espírito, assim como as flores se renovam. E principalmente, propicia momentos para nos conscientizarmos da importância do respeito à natureza e à ecologia, para que possamos por muito tempo usufruirmos de suas maravilhas e atrativos.

O VERDADEIRO PATRIOTISMO

Sete de Setembro, Independência do Brasil. Devemos fazer do Dia da Pátria uma celebração que simbolize a firme decisão de construirmos um país sem exclusões, onde todos possam se sentir verdadeiramente acolhidos pela Nação.

ALFABETIZAÇÃO E VOLUNTARIADO

Muitos estudiosos já destacaram que diante do quadro de desigualdades sociais no mundo, a educação de adultos sobressai como estratégia insubstituível para proteger direitos humanos e combater a pobreza, requisitos fundamentais da construção democrática. Apesar de o perfil educacional da população brasileira se mostrar insatisfatório, principalmente quando medido em termos comparativos internacionais, são notórios os avanços que se vêm produzindo, graças a programas promovidos por voluntários do setor privado e alguns poucos pelo Poder Público. Portanto, há o que se comemorar a oito de setembro, Dia Internacional da Alfabetização, em função do êxito das campanhas de caráter comunitário, mormente do setor privado.

BREVE REFLEXÃO

"Primavera não é uma simples estação de flores, é muito mais, é um colorido da alma"(Jaak Bosmans).

*JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINELLI é advogado, jornalista, escritor e professor universitário. É ex-presidente das Academias Jundiaienses de Letras e de Letras Jurídicas. É professor da Faculdade de Direito Padre Anchieta de Jundiaí ([email protected])


Notícias relevantes: