Jundiaí

Procura de casas na praia dispara


ARQUIVO PESSOAL
Ana Luiza, designer de sobrancelhas, alugou uma casa de praia
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

A procura de casas na praia para locação aumentou com o fim das restrições de público e de horário de funcionamento para os comércios no litoral. Famílias estão antecipando o planejamento das viagens de fim de ano e feriados, e os proprietários estão recuperando as perdas do ano passado com a pandemia.

A proprietária Alexandra Lopardo, de 40 anos, diz que as buscas por locações tiveram um aumento significativo no segundo semestre de 2021. "Nos dias de hoje, recebo de 10 a 15 mensagens por semana de pessoas interessadas em alugar meu imóvel. Quem tem interesse em ir à praia passar o ano novo sugiro já cotar os valores e formalizar o contrato o quanto antes", conta.

Muitas pessoas adiaram para este ano viagens que pretendiam fazer em 2020. A vacinação contra covid-19 foi um dos critérios para a designer de sobrancelhas Ana Luiza Erdeg, de 26 anos, realizar sua viagem. "A viagem foi planejada no ano passado, porém a pandemia atrapalhou. Cancelamos e decidimos ir no feriado do 7 de setembro desse ano, já que praticamente toda a família está vacinada com a primeira dose", explica.

Mesmo com a vacinação em dia, Ana Luiza diz que é indispensável seguir todos os protocolos de segurança. "Me sinto mais segura vacinada, porém não dispenso as medidas de prevenção, como o uso da máscara e do álcool em gel", disse.

A designer de sobrancelhas reforça a importância de se antecipar no planejamento. "Acho importante planejar com antecedência, ainda mais nesse momento em que estamos vivendo. Se eu tivesse deixado para depois, com certeza não encontraria local, e a viagem teria que ser adiada novamente", conta.

DISPONIBILIDADE

Com os preços elevados, poucos imóveis estão disponíveis para o fim do ano, devido a antecipação no aluguel pelas famílias. "Meu imóvel já foi alugado para o ano novo, é a data mais procurada. Fechei o contrato com a família em maio", disse a proprietária Alexandra.

Sheila Lopes, de 43 anos, também é proprietária de uma residência no litoral e conta que já alugou sua propriedade para o ano novo. Ela diz que a procura por imóvel está mais intensa nesse ano. "As pessoas ficaram muito tempo sem poder sair de casa e sem viajar, então a procura está sendo muito grande, mais intensa que o normal", relata.

RETOMADA

O movimento no litoral foi baixo em 2020 devido à pandemia e, para o fim de 2021 e início de 2022, a proprietária diz estar com boas expectativas para o ramo. "Com a vacinação, se intensificaram as buscas e, com o fim das restrições como promessa de melhora me traz boas expectativas", completa Sheila.

A divulgação das casas para aluguel no litoral é feita principalmente através das redes sociais, também como medida de segurança.

Sheila utiliza tanto o Facebook quanto sites de divulgação. "Eu uso os sites para divulgar, mas também uso meu perfil pessoal nas redes, por segurança. As pessoas conseguem ver meu perfil, quem eu sou, postagens antigas e meu histórico, fica explícito que não estou tentando aplicar golpes", relata.

Alexandra também costuma publicar imagens de sua propriedade em grupos de aluguel no Facebook, para atrair quem procura. "Pra mim, é a melhor ferramenta de divulgação", afirma.

ANTECIPAÇÃO

Para quem pretende passar o ano novo ou as férias de janeiro na praia, a dica da Sheila é se antecipar e já iniciar a busca pela locação.

Para 2022, com a expectativa de normalização das viagens para o litoral, a recomendação é já cotar os valores em janeiro. "Aluguel para Natal e ano novo geralmente já fechamos no início do ano, entre janeiro e março, porque se passar disso fica mais difícil encontrar o local ideal que acomode o número certo de pessoas", explica a proprietária.

(Caroline Adrielli)


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: