Jundiaí

Uma a cada 24 pessoas não tem vacina, mas campanha continua


DIVULGAÇAO
A vacinação avança no AUJ, mesmo com pessoas que não receberam
Crédito: DIVULGAÇAO

A aplicação da terceira dose da vacina contra a covid-19 em idosos e imunossuprimidos começará na próxima semana em todo o estado de São Paulo e deve ocorrer concomitante à imunização de adolescentes de 12 a 14 anos, segundo o Plano Estadual de Imunização (PEI).

Em Jundiaí, apesar de um déficit de 20 mil doses as aplicações em idosos começam no dia nove para pessoas a partir de 90 anos. (veja calendário na versão on-line do JJ).

No Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ) uma em cada 24 pessoas não tomaram a vacina. Segundo o gestor de Saúde de Jundiaí e secretário do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde de São Paulo (Cosems/SP), Tiago Texera, no AUJ há 35 mil pessoas com idade de 18 a 60 anos que não tomaram a vacina. Este montante significa 4,2% da população do Aglomerado, estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE) para 2021.

Com 38% da população da Região imunizada com duas doses ou dose única e 70% com ao menos uma dose, os municípios que tiveram falta de doses já as solicitaram ao estado, mas ainda não houve retorno sobre o envio e a vacinação continua, mesmo disforme. As doses estocadas em cada município já têm destinação, seja para a aplicação de segundas doses já programadas, para as primeiras doses em adolescentes ou para o início da terceira dose nos idosos.

CONTRIBUIÇÃO

Além da população que deseja, mas não consegue tomar a vacina, há uma parte que se recusa a recebê-la e também as pessoas que tomaram a primeira dose, mas não voltaram para receber a segunda. Esta última parcela conta com 5.545 pessoas em Jundiaí, sendo a população com menos de 60 anos respondendo pelo maior volume dos atrasos.

Já em Itupeva, a Secretaria Municipal de Saúde informa que o número de pessoas que não quis se vacinar foi baixo, por volta de 50 pessoas.

Quanto à falta de doses, Várzea Paulista é uma exceção. Segundo a prefeitura, não houve casos de munícipes que não receberam a vacina por falta de dose.

Os demais municípios do AUJ foram procurados, mas não informaram especificamente quantos não tomaram a segunda dose e quantos não quiseram se vacinar.

Programação

Neste sábado (4), as equipes da Prefeitura de Jundiaí, da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) farão a retirada de 31,5 mil doses de vacinas contra a COVID-19 no Departamento Regional de Saúde (DRS) em Campinas, que serão utilizadas para a aplicação em doses de reforço para idosos com 85 anos ou mais que receberam a segunda doses há mais de seis meses, além de primeira dose de jovens com 13 a 14 anos. Os agendamentos serão escalonados para facilitar o acesso da população e disponibilizados nos canais digitais da Prefeitura de Jundiaí (site e APP Jundiaí).

(Nathália Sousa)

Cronograma:

Quarta-feira (8) às 17h: 14 anos

Quinta-feira (9) às 11h: 13 anos

Quinta-feira (9) às 17h: dose adicional para idosos 90 anos ou mais que receberam a segunda dose há mais de 6 meses

Sexta-feira (10) às 11h: dose adicional idosos 85 a 89 anos que receberam segunda dose a mais de 6 meses

As aplicações serão realizadas em UBSs, postos fixos ou drive, conforme as opções adequadas aos públicos, e que estarão disponíveis para a escolha no momento do agendamento.


Notícias relevantes: