Jundiaí

Crescem em até 80% as vendas de produtos típicos do verão

CALOR Comerciantes de alimentos mais gelados, como sorvetes e milk-shakes, comemoram a saída rápida dos produtos


     ALEXANDRE MARTINS
Larissa Carvalho diz que o carro-chefe tem sido o cascão de baunilha com chocolate
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Com as temperaturas passando dos 30°C em Jundiaí, a procura por alimentos para refrescar o dia, como milk-shakes, sorvetes e açaís, dispararam nas últimas semanas. Comerciantes chegaram a registrar aumento de até 80% nas vendas.

Para Larissa Aparecida Martins de Carvalho, funcionária de uma lanchonete que vende sorvete na casquinha e no cascão, milk-shake, sundae e açaí, assim que o estabelecimento abre, já tem cliente procurando pelos itens.

"O carro-chefe tem sido o cascão de baunilha com chocolate, por R$ 4,50, além de sair bastante milk-shake também. Tem fila toda hora, mas entre 12h30 e 15h30, é um pico absurdo", afirma.

De acordo com Larissa, assim que as temperaturas aumentam, a procura também aumenta. "Entre as duas últimas semanas, houve um aumento de 35% de clientes. As caldas estão sendo as novidades nessa época, o pessoal gosta muito, principalmente no milk-shake e assim, estamos pensando em adquirir novos sabores", comenta.

Segundo Sandra Silva Leal, proprietária de uma loja de milk-shakes, nas duas últimas semanas houve um aumento em torno de 80% nas vendas. "Está saindo muito milk-shake, graças a Deus e ao calor. Fora isso, também temos casquinhas, cascão, sundae e açaí", conta.

O estabelecimento de Sandra oferece diversas opções de sabores de milk-shake, em diferentes tamanhos. "O de kinder ovo e de ovomaltine costumam ser os mais pedidos. Os tamanhos vão desde 250ml a 700ml e os preços variam conforme a escolha do sabor e do copo, mas saem partir de R$ 7,50", afirma.

O pico de clientes da loja de Sandra começa a partir de 13h. "Logo depois do almoço e é um horário que a temperatura está bem elevada, permanecendo com um bom fluxo até a hora de fechar praticamente", ressalta.

Ela já fala em novidades. "É um sorvete no pote com chocolate trufado, ainda sem data para lançamento, mas vamos focar nas semanas com altas temperaturas. As expectativas de venda são as melhores possíveis até o final do ano, pois só teremos calor", pontua.

ALIMENTO REFRESCANTE

Segundo Maria Cristina Albino, funcionária de uma loja de açaí, da semana passada para essa, houve um aumento de cerca de 70% nas vendas. "O pessoal está consumindo bastante devido esse calor intenso e a loja está bem movimentada", conta.

Maria afirma que o maior fluxo de clientes começa a partir de 13h, por conta, principalmente, da boa localização já que está localizada em frente aos pontos de ônibus intermunicipais. "A maioria dos clientes pede o maior copo e entre os itens, o morango, a banana, o leite condensado e o leite em pó são os mais desejados. O menor copo sai por R$ 5 e o maior por R$ 11", comenta.

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: