Jundiaí

Fiscalização do trabalho aumenta 8%


O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) realizou de janeiro a julho deste ano 7,8% mais fiscalizações do que no ano de 2020.

O número de interdições de empresas também foi maior, três neste ano contra uma no ano passado. Por outro lado, nestes primeiros sete meses de 2021, 10 empresas foram multadas. Em todo o ano de 2020, foram 17.

Os acidentes de trabalho também não atingiram ainda neste ano o patamar registrado pelo órgão em 2020, quando houve 3.032 acidentes. Em 2021, de janeiro a julho, foram 2.198 registros do tipo.

TRABALHADOR

Localizado em Jundiaí, o Cerest é um serviço que atende Atibaia, Nazaré Paulista, Bom Jesus dos Perdões, Jarinu, Itatiba, Morungaba, Louveira, Vinhedo, Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista.

As atividades são referentes à saúde do trabalhador, matriciamento e estabelecimento de linhas de cuidado e fluxos de atendimento para a rede de saúde visando a atenção integral à saúde dos trabalhadores. O Cerest é ligado à Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS).

A equipe do Centro é formada por gerente, médicos, equipes de enfermagem, com enfermeiro e técnico, engenheiros e técnicos de segurança do trabalho, fonoaudiólogo e equipe administrativa.(Da Redação)


Notícias relevantes: