Jundiaí

Situação dos postos já está normalizada


              ALEXANDRE MARTINS
A demanda por combustível nesta quinta foi muito acima do normal
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Apesar da falta de combustível e filas nos postos de gasolina de Jundiaí por conta da paralisação de caminhoneiros nas rodovias, representantes dos postos e até representantes do Sindicato dos Postos de Combustíveis de Campinas e Região (Recap) afirmam que a situação foi normalizada entre quinta e sexta-feira.

Mesmo com o receio do desabastecimento, a Recap tranquilizou o consumidor emitindo nota afirmando sobre a normalização de carregamento dos caminhões de combustíveis nas bases.

A funcionária de um posto na avenida Jundiaí, Laila Moraes, lembra que mesmo saindo do controle durante a quinta-feira, maior movimento no abastecimento, a situação já se normalizou. "Apesar das filas acumuladas ontem (na quinta), o fluxo desta sexta-feira foi normal. Apesar da grande movimentação no estabelecimento, não houve falta de combustível", afirma.

Ao contrário de Laila, o funcionário de um posto no Jardim São Bento, Gustavo Pires, diz que nunca viu um movimento tão intenso no local e por conta da grande demanda o combustível acabou. "Nosso etanol ficou em falta no final da tarde de quinta, mas o reabastecimento com os caminhões ocorreu hoje cedo (ontem)", afirma Gustavo.

Na manhã desta sexta-feira a situação já foi totalmente normalizada e as filas diminuíram bruscamente, segundo o funcionário. "Agora o movimento já voltou ao normal e nossos tanques já estão todos abastecidos", diz Pires.

MOBILIZAÇÃO

Diante da preocupação da população a demanda por combustível nesta data foi muito acima do normal. Segundo Pires, a média diária do posto é de oito mil litros vendidos, mas quinta este número disparou e as vendas chegaram em 29 mil litros de combustível.

O Recap monitora a situação dos postos do município e orienta para que não haja pânico neste momento.

(Luana Nascimbene)


Notícias relevantes: