Jundiaí

Encontro na ACE reforça importância da mulher no empreendedorismo


DIVULGAÇÃO
O encontro reuniu empresárias de vários setores da economia
Crédito: DIVULGAÇÃO

A Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí recebeu, nesta quarta-feira (15), empresárias da cidade e representantes de Associações Comerciais de toda a região para um encontro com Ana Claudia Badra Cotait, presidente do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC) da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Ana Cláudia foi recebida pelo presidente da ACE, Mark William Ormenese Monteiro, pela vice, Leandra Maia Diniz, e pelo vice-presidente da Regional RA-8 da Federação, Elizeu Pereira. Foi uma manhã de conexão, inspiração e estímulo ao fomento do empreendedorismo feminino.

O objetivo da Federação é criar um Conselho da Mulher em cada Associação e, assim, multiplicar ações desenvolvidas pelo CMEC conforme a realidade de cada município.

A vice-presidente da ACE, Leandra Maia Diniz, reforçou a importância da mulher no empreendedorismo e elogiou a iniciativa em multiplicar na região as ações realizadas pelo Conselho. “As convidadas deste evento representam um pouco do poder da mulher jundiaiense”, disse. “Esperamos que façam parte do conselho da mulher empreendedora e que esta seja mais uma grande ação entre a Facesp e a nossa entidade.”

O presidente Mark disse que gosta de trabalhar ao lado de mulheres, que sempre são muito dinâmicas. “A nossa vice e a maioria das colaboradoras da ACE é mulher, aprendo muito com vocês”, disse. “A Associação está de portas abertas para as atividades do Conselho.”

Durante o encontro, Ana Claudia apresentou as atividades do CMEC, que atualmente possui 98 conselhos da mulher, distribuídos entre as cidades do Estado de São Paulo e que integram as 420 Associações Comerciais filiadas à Facesp, e disse que a sua meta é formar 300 até o final do ano. Para isso tem viajado por todo o Estado para divulgar as ações desenvolvidas.

Segundo ela, o CMEC tem como objetivos fomentar o empreendedorismo feminino, apoiar a criação de novos produtos e serviços, unir para empreender e formalizar e, principalmente, estimular o aperfeiçoamento e a qualificação da mulher empreendedora. “Uma mulher qualificada vai aonde decidir ir”, disse. “A qualificação aumenta a participação da mulher na liderança de uma empresa. Não adianta ter a liderança se ela não for qualificada.”

As empreendedoras interessadas em informações sobre o CMEC da Facesp podem acessar o link https://cmecmulher.com.br/


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: