Jundiaí

Entidades pedem ajuda através de campanhas de Natal


DIVULGAÇÃO
Ateal reforça sobre as campanhas de Natal e doações para a entidade
Crédito: DIVULGAÇÃO

Para continuar oferecendo serviços assistenciais, as instituições de Jundiaí, como o Centro de Atendimento à Síndrome de Down Bem-Te-Vi Jundiaí, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae Jundiaí), a Associação Terapêutica de Estimulação Auditiva e Linguagem (Ateal) e a Casa da Criança Nossa Senhora do Desterro começaram a divulgar as campanhas de Natal a fim de arrecadar fundos à associação.

A instituição Bem-te-vi, mantém as atividades e ações sociais através de doações e contribuições. Para alavancar as arrecadações no final do ano, a entidade organiza o Natal Bem-te-vi, com o objetivo de levantar doações e associados do projeto.

Com o intuito de atrair doadores e sensibilizar as pessoas com a causa, a Apae Jundiaí desenvolveu diversas formas para as pessoas colaborarem.

Para a campanha de Natal, a unidade realiza rifa de um carro zero quilômetros e angaria doações para a realização da confraternização de fim de ano para alunos e usuários.

O presidente da Apae de Jundiaí, Luiz Bernardo Begiato, ressalta a importância das doações para a entidade. "As doações diminuíram tanto de empresas, quanto no bazar e foi num momento em que as famílias mais estão precisando. Elas são fundamentais para mantermos os atendimentos", afirma Begiato.

A Ateal reforça sobre as campanhas de Natal para arrecadar verba para a manutenção da entidade, além das campanhas permanentes.

Para este ano, a associação está arrecadando brinquedos novos para entregar aos pacientes no Natal e durante todo o ano arrecadações de alimentos e cestas básicas são realizadas.

Além dos brinquedos, a Ateal divulgou o projeto Mãos Amigas com o apoio do Grupo em Defesa da Criança com Câncer (Grendacc), que irá sortear um carro novo no final do ano.

A Casa da Criança promove campanhas permanentes para atender as crianças acolhidas pela entidade. Trata-se de arrecadações de brinquedos, roupas, materiais de limpeza e higiene. Os interessados também podem apadrinhar as crianças da associação para ajudar com a entrega das doações.

O programa atende cerca de 220 crianças na faixa etária de 2 a 12 anos. A presidente da instituição, Alcinda Primon, pede ajuda a todas as pessoas que conseguirem doar os materiais necessários para que o trabalho com as crianças continue. "Durante a pandemia nós acolhemos mais crianças, mas as doações diminuíram, então estamos fazendo um apelo geral para que as pessoas continuem nos ajudando", afirma a presidente.

(Luana Nascimbene)

SERVIÇO

Para colaborar com doações ou participar das campanhas descritas acima, basta entrar em contato com as instituições, nos seguintes endereços:

Bem-te-vi: www.bemtevi.org.br

Apae: www.apaejundiai.org.br/

Ateal: www.ateal.org.br/

Casa da Criança:

www.casadacriancajundiai.org/


Notícias relevantes: