Jundiaí

Campanha de consumo consciente da DAE mobiliza população


DIVULGAÇÃO
A represa registra 59% da capacidade, o equivalente a 5,5 bilhões de litros
Crédito: DIVULGAÇÃO

Com o objetivo de estimular a população a aderir ao uso consciente da água, a nova campanha da DAE, intitulada “Água, se não economizar, pode faltar”, ganhou as ruas da cidade. Logo na entrada da cidade, na avenida Jundiaí, um outdoor em frente ao Parque da Uva chama a atenção de quem passa pelo local. Há mais instalados junto à portaria do Parque da Cidade e na Estação de Tratamento de Água do Anhangabaú (ETA-A). Os ônibus do transporte municipal reforçam a iniciativa, por meio do busdoor.

A campanha, que tem como foco a entrega de três novos reservatórios associada ao uso racional da água, também conta com divulgação em rádios, TVs, jornais impressos, portais de notícias, redes sociais e pontos de mídia interna, em academias, padarias e lotéricas.

“O saneamento em Jundiaí é resultado de um planejamento a longo prazo. Por isso que, mesmo neste período de estiagem, o fornecimento de água segue ininterrupto, mas precisamos contar com o apoio da população. Com ações simples, economizamos água”, aponta o diretor presidente da DAE, Walter da Costa e Silva Filho.

A medida ganha relevância em função do avanço da seca em todo o País. Em São Paulo, segundo dados da Sabesp, o sistema Cantareira está com 32,8% da capacidade; Alto Tietê, 41,7%, e Guarapiranga, 47%.

Em Jundiaí, a represa registra 59% da capacidade, o equivalente a 5,5 bilhões de litros. Além do Jundiaí Mirim, principal manancial de abastecimento, a DAE utiliza a reversão do rio Atibaia.

Para que esta água chegue aos imóveis, 57 reservatórios da DAE estão instalados próximo aos bairros. Três deles foram entregues na última semana, nas regiões do FazGran, Distrito Industrial e Jardim Carlos Gomes e, juntos, somam mais 15 milhões de litros de água tratada.

Orientação social

Esta é a terceira ação de orientação social com a temática de uso responsável dos recursos hídricos promovida pela DAE este ano. A primeira foi veiculada em maio; na sequência, uma segunda ação de mídia tornou-se permanente, principalmente nas mídias sociais.

“Com esta campanha, o objetivo da DAE é mostrar o avanço na operação do abastecimento na cidade, porém, em função da estiagem vivenciada este ano, também destacar a necessidade de que a população colabore e faça o consumo consciente”, reforça Walter.

Para isso, basta que sejam adotados hábitos como reduzir o tempo no banho, fechar a torneira ao ensaboar as mãos ou escovar os dentes e não usar a mangueira para limpar a calçada.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: