Jundiaí

Em Jundiaí, 6,8 mil pessoas 'esqueceram' da segunda dose

JUNDIAÍ Entre os motivos do não retorno estão o esquecimento, sintomas gripais e até viagens marcadas


Divulgação
A Prefeitura de Jundiaí manterá a disponibilização do atendimento para que regularizem o calendário
Crédito: Divulgação

Em Jundiaí, das 7,4 mil pessoas esperadas para tomar a segunda dose da vacina, apenas 543 retornaram às unidades para completar o ciclo vacinal. Segundo a Unidade de Gestão Promoção da Saúde (UGPS), os motivos para esta baixa vão desde fatores gripais, esquecimento e até recusa.

Essas doses, no entanto, não podem ser usadas para outros fins, como para quem ainda não conseguiu nem a primeira dose. Segundo a UGPS, a prática não é realizada porque as doses estão destinadas e reservadas para segundas aplicações.

ESPERA

Quem ainda não conseguiu tomar a vacina precisará, de fato, esperar a chegada de mais doses. Este é o caso de Matheus Motta, de 19 anos. Mãe de Matheus, Vanessa Peroni Motta, de 42 anos, fala que o filho teve covid-19 durante o período de aplicações e ainda não recebeu o imunizante.

"A idade dele chegou em agosto e a gente estava com covid. Ele não conseguiu tomar, passou a data e eles não abrem mais repescagem. Já liguei na prefeitura e dizem que tem que esperar chegar mais doses mesmo. Não sei se ele vai conseguir tomar neste ano, muita gente não conseguiu ainda", diz ela.

Vanessa conta que, na família, só Matheus não tomou a vacina, mas o cuidado continua. "A gente toma os mesmo cuidados de sempre, pegamos covid, mas só saímos para trabalhar, ir ao mercado, saímos sempre de máscara. Mantemos os protocolos, não estamos descuidando."

Credito: Arquivo pessoal / Descrição: Vanessa Peroni Motta diz que o filho não conseguiu agendar nem a primeira dose

ATRASADOS

Quem recebeu a primeira dose da vacina e já deveria ter tomado a segunda, mas ainda não tomou, a Prefeitura de Jundiaí informa que manterá nesta semana a disponibilização do atendimento para essa população, para que regularizem o calendário vacinal.

A UGPS também faz o trabalho de convocação dos faltosos via telefone e aplicativo de mensagem instantânea, e salienta que, ao receber a primeira dose, as pessoas recebem o comprovante de vacinação com um papel indicando o agendamento automático para receber a segunda dose, com dia, horário e local.

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: