Jundiaí

Com foco no Enem, maratona de estudos começou antecipada

VESTIBULARES A aplicação da prova será somente em novembro, mas vestibulandos já estão estudando para o exame desde março


                                ALEXANDRE MARTINS
Ana Carolina Crepuscoli tem ajuda de professores de cursinho para tirar boas notas
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Em casa ou presencialmente no curso pré-vestibular, os estudantes já se preparam para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado os dias 21 e 28 de novembro.

Mesmo com as alterações de rotina devido à pandemia, muitos começaram os estudos em março e garantem que cada minuto diante dos livros é essencial.

Assim tem sido para a estudante Ana Carolina Crepuscoli, de 19 anos, que tem ajuda de professores de cursinho para garantir boas notas. "Se eu não estivesse fazendo cursinho eu não estaria confiante para as provas. Eu sinto que aprendo mais do que eu estivesse sozinha em casa. A presença dos professores faz toda a diferença", explica ela que tenta uma vaga em Medicina.

Marcos Paulo de Sousa Martins, de 18 anos, é assistente administrativo e faz um curso pré-vestibular gratuito em Várzea Paulista, que atualmente transmite as aulas somente on-line. O foco dele é Biotecnologia. "No início eu sentia dificuldades no ensino on-line porque minha casa é barulhenta e eu tenho TDAH, qualquer coisa me distrai. Hoje consegui me adaptar", conta o assistente administrativo.

A estudante Sthefany Mariah Fabbri Vieira, de 19 anos, optou por estudar em casa e se prepara desde março com o apoio de um curso particular e acredita em uma vaga em Medicina. "Optei por estudar em casa devido a pandemia, porque tenho grupo de risco na família" conta Sthefany.

ORIENTAÇÕES

Marcos Paulo afirma que fazer curso pré-vestibular popular foi essencial para sua autoestima e aprendizado. "Eu faço um curso voluntário, é diferente de um particular, e ele vai muito além do conteúdo, também trabalha a autoestima", relata.

Para os estudantes de baixa renda que não podem arcar com os custos de um curso pré-vestibular particular, o Cursinho Para Todos (CPT) é um projeto voluntário de Várzea Paulista.

O enfermeiro e presidente do CPT Matheus Sene, de 22 anos, conta que atualmente o projeto atende 42 alunos. "Para participar, basta se inscrever no processo seletivo que acontece sempre entre fevereiro e março, com 60 vagas disponíveis para alunos de escola pública e com baixa renda familiar", explica.

DATAS

Dia 21: serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação;

Dia 28: provas de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: