Jundiaí

Registro de novos casos de covid cai mais de 50% ao longo de setembro

Na última semana, entre os dias 16 e 22, foram 315 novos casos confirmados


Divulgação
Os casos de covid-19 vêm caindo de forma acentuada neste mês
Crédito: Divulgação

Desde o início de novembro do ano passado, quando houve uma diminuição mais acentuada da primeira onda da pandemia, Jundiaí não registrava uma quantidade tão baixa de novos casos de covid-19 por semana.

Na última semana, entre os dias 16 e 22, foram 315 novos casos, 52% a menos que na semana entre os dias 2 e 8 de setembro e 38% a menos que na semana de 9 a 15. A média móvel de casos vem caindo na cidade.

Também houve redução no registro de óbitos em Jundiaí. Foram oito na última semana, queda de 38% em relação à semana anterior e 33% em relação a duas semanas atrás. Estes números corroboram a eficácia da vacinação em massa contra a covid-19, pois são alcançados em um momento em que Jundiaí tem 77,5% da população com ao menos uma dose da vacina e 56% com duas doses ou dose única, segundo o Vacinômetro do estado de São Paulo. 

Reflexo disso também é a internação hospitalar, que tem atualmente 31 pessoas com a doença na rede pública, sendo 14 na enfermaria e 17 na UTI, e 17 pessoas na rede privada, sendo duas na enfermaria e 15 na UTI.

NORMALIDADE?

Ainda que haja avanço e resultado na vacinação, a pandemia ainda está em curso, mesmo com a retomada integral da maior parte das atividades.

Em Jundiaí, o isolamento social segue índices semelhantes aos observados em novembro do ano passado. Na semana entre quarta (15) e terça (21), teve média de 41%. 

No ritmo atual de queda de casos e óbitos, Jundiaí teria estabilidade com relação à doença já no próximo mês, porém a queda de casos não é suficiente, visto que há fatores que relativizam a pandemia e um deles está em circulação no município. Já há mais de 40 casos e um óbito causados pela variante delta em Jundiaí, a mais transmissível do coronavírus até o momento.


Notícias relevantes: