Jundiaí

Crianças têm aula de educação do trânsito com teatro e descontração

Com teatro interativo, as crianças tiveram aula sobre educação de trânsito


Divulgação
Aula descontraída: crianças são replicadoras da boa informação
Crédito: Divulgação

Alunos da EMEB Florida Mestag, no bairro Mato Dentro, aprenderam mais sobre a boa convivência no trânsito em uma aula fora do comum. À frente de 45 alunos de 8 a 10 anos, o agente de trânsito Vagner Quintiliano, acompanhado de mais quatro atores, ensinou educação no trânsito de maneira lúdica, com brincadeiras e interação. E o momento não poderia ser mais especial: nesta quinta-feira (23) é comemorado o Dia Nacional do Agente de Trânsito.

“Ensinar crianças traz uma energia diferente, é muito bom”, diz Vagner. “Nesse caso, falamos com crianças que estão em formação de valores e, por isso, são importantes replicadores de boa informação, levando para a família e para a sociedade.” Ao lado de quatro atores da Cia Paulista de Artes, o agente de trânsito explicou para as crianças o uso correto do capacete, do cinto de segurança e ações importantes, como não usar o celular no trânsito.

A atividade com as crianças compõe a Semana Nacional de Trânsito, realizada pela Unidade de Gestão de Mobilidade e Transportes (UGMT). As aulas de educação de trânsito são do projeto “Agente na Escola” e, como conta a responsável pela Divisão de Educação e Estatística, Juliana Maria Maia, com a melhora na situação da pandemia, gradualmente a atividade tem sido retomada. Escolas interessadas em receber a aula podem entrar em contato pelo email [email protected]

“Gostei muito do teatro ao ar livre, a aula ficou mais legal”, disse a pequena Aicha da Rocha, de 8 anos. Para David Beckham Dias da Silva, de 10 anos, o ponto alto da manhã foram as músicas cantadas pelos atores da Cia Paulista de Artes. “O que eu aprendi e vou falar para meus amigos é sempre usar o capacete e respeitar a sinalização”, afirmou o garoto.

A professora Edilene Bredariol Oliveira elogiou a iniciativa. “Em uma aula assim, com tanta descontração e brincadeiras, a absorção do conteúdo pelas crianças é sempre maior.”

 


Notícias relevantes: