Jundiaí

Cinema, bares e restaurantes ganham confiança

Em Jundiaí, pessoas estão voltando a sentir segurança para frequentar locais


JORNAL DE JUNDIAÍ
Maria Eduarda Braga e Lourdes Braga voltaram a ir ao cinema agora
Crédito: JORNAL DE JUNDIAÍ

Aos poucos, com o avanço da vacinação, as pessoas voltam a sentir segurança para frequentar alguns locais e até admitem que pretendem frequentá-los mais no pós-pandemia e o cinema e os restaurantes são alguns deles.

De acordo com a consultoria Bain & Company, a nível nacional, o que os consumidores mais sentem vontade é de ir ao cinema (57%), a restaurantes e bares (65%) e fazer compras em lojas físicas (40%), atividades que muitos deixaram de fazer neste período.

Em Jundiaí, famílias têm se programado para frequentar locais fechados, como cinemas, bares e restaurantes. Em um café de um shopping de Jundiaí, a família Nascimento diz que volta a frequentar espaços assim agora. "Cinema a gente não vai ainda, evitamos ambientes fechados, então pretendemos voltar", diz Ricardo Nascimento.

Angélica Nascimento conta que também repara na segurança sanitária dos locais. "Não vamos a todos. No shopping as pessoas usam máscara, é diferente do Centro, por exemplo, que só colocam a máscara para entrar nas lojas."

Em um restaurante, José Luis e Bete Menezes dizem que vêm frequentando estes espaços, mas com muito menos frequência. "A gente sentiu falta de ter a vida social que a gente tinha e acho que faltava preparo também dos estabelecimentos, de se adaptarem a essa realidade. Alguns demoraram, mas hoje é mais adaptado. Acho que a pandemia fez também com que a gente pesquisasse melhor os procedimentos e higienização dos restaurantes", conta José.

EXPECTATIVA

Nas salas de cinema, a retomada tem sido gradual. Depois de muito tempo Lourdes Braga e sua filha Maria Eduarda Braga foram ao cinema. "A vacina dá um pouco mais de segurança porque até então a gente não tinha ido a nenhum lugar. Ainda temos medo, mas tem o distanciamento, uso de máscara, álcool em gel", diz Lourdes.

Ela conta agora pretende frequentar mais cinemas. "Amo cinema. Gosto muito e pretendo frequentar mais. Esperava até encontrar mais pessoas, mas estou tranquila."

Thaís Vieira e Diego Baldini também voltaram a frequentar o cinema só agora. "Senti falta de vir ao cinema, só falta mais dinheiro", diz Thaís rindo.

Indo também pela primeira vez desde o início da pandemia, Nivaldo Gomes diz que há mais segurança. "Todas as pessoas estão usando máscara e está bem mais tranquilo agora. Pretendo frequentar mais, devido à vacina e a todos estarem usando máscara."

A gerente da Moviecom Jundiaí, Gisele Balero, diz que há boas expectativas para o fim do ano com o avanço da vacinação e grandes estreias. "A gente espera que melhore. Não sei se o movimento não está alto por causa dos filmes ou pelo receio das pessoas em vir mesmo. Em julho foi bom, teve a estreia de Velozes e Furiosos e esgotava, mas a capacidade estava em 40%. Então, se tem filme bom, acho que o pessoal vem. A expectativa é que melhore no fim deste ano, que terá o lançamento do novo filme do Homem-Aranha, e começo de 2022."

(Nathália Sousa)

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: