Jundiaí

Jundiaí ganha ONG para crianças e mulheres vítimas de violência


Arquivo pessoal
A psicóloga Teresa Giolo é a responsável pela Ong que atenderá vítimas
Crédito: Arquivo pessoal

A psicóloga Teresa Giolo, referência no atendimento a crianças e mulheres vítimas de violência doméstica e sexual em Jundiaí, em parceria com mães de crianças violentadas, fundou a 'Ong Mães Contra o Abuso Sexual Infantil Dra Teresa Giolo'. O projeto visa a defesa dos direitos de crianças, jovens, idosos e mulheres contra violência doméstica e sexual, maus-tratos e alienação parental.

A Ong foi inaugurada na última sexta-feira (24) e, segundo Teresa, é a primeira do tipo no estado. Contará com profissionais voluntários de diferentes áreas, sendo oferecido atendimento psicológico e jurídico diariamente e médico e odontológico perante agendamento.

Responsável pelo local, Teresa diz que as mães de crianças que já atendeu sempre a procuravam. "A Ong surgiu a partir das mães que passaram por mim, dos atendimentos de abuso sexual infantil. Foram mais de 20 anos de atuação, nos quais atendi muitas crianças. Muitos desses casos resultaram em condenação dos agressores, então há uma ligação entre mim e elas. As mães que criaram a Ong."

Ela usará na Ong sua experiência em casos do tipo. "Sou especializada em atendimento a vítimas de abuso infantil, violência doméstica e alienação parental. Vou fazer a ponte, a responsabilidade será minha. Todos os casos vão passar por mim, principalmente os de abuso, mas vamos ter os demais profissionais especializados."

Sobre o papel da Ong, a psicóloga diz ser um complemento das iniciativas públicas. "É uma complementação do trabalho para que juntos possamos proporcionar uma melhor qualidade de vida para a sociedade jundiaiense."

GRATIFICAÇÃO

Com a concretização da Ong, a psicóloga agradece a todos que a ajudaram nesse processo. "Agradeço o carinho de todas as mães que se sensibilizaram e lutaram por essa causa tão nobre, que exerceram o real significado dessa palavra tão doce. À minha família e amigos que tanto me apoiaram na idealização e concretização desse projeto, que tanto me incentivaram a me aperfeiçoar em prol da esperança de um amanhã melhor."

A Ong Mães Contra o Abuso Sexual Infantil Dra Teresa Giolo funciona sem verba pública, por isso, recebe colaborações e a ajuda de profissionais voluntários que se identifiquem com a causa. "Se você se sentiu sensibilizado de alguma forma com a causa, seja um voluntário, colaborador e nos ajude a manter essa organização e a fazer a diferença na vida das pessoas", diz Teresa.

(Nathália Sousa)

SERVIÇO

A Ong Mães Contra o Abuso Sexual Infantil Dra Teresa Giolo funciona na rua Guido Tomanik Adolpho, 1.981, Parque da Represa. Por conta da covid-19, é recomendado o agendamento prévio de atendimentos através dos telefones 4581-7777 ou 3446-2036.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: