Jundiaí

Proposta orçamentária de 2022 chega a R$ 3 bi e prioriza Saúde, Educação, Segurança e Assistência Social

A proposta direciona recursos robustos para áreas prioritárias como Saúde, Educação, Segurança Pública e Assistência Social


Divulgação
Jundiaí tem orçamento previsto de R$ 3,01 bilhões para 2022
Crédito: Divulgação

A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF), entregou na Câmara Municipal, na última quarta-feira (29), o projeto de lei que estabelece a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2022. A peça de planejamento fixa o Orçamento Municipal para o ano seguinte e direciona recursos robustos para áreas prioritárias como Saúde, Educação, Segurança Pública e Assistência Social. Ela foi construída ao longo do ano, inclusive com contribuições da população por meio de audiência pública.

Para o ano que vem, a projeção de arrecadação apresentada pela LOA é de R$ 3,01 bilhões, com projeção de 12% a mais em despesas e receitas se comparada à LOA deste ano. Saúde e Educação correspondem à maior parte desse investimento, com 23% (aproximadamente R$ 700 milhões) para cada uma dessas áreas. Para Segurança Pública, são previstos R$ 89 milhões e para Assistência Social, R$ 60 milhões.

“Nosso planejamento está sempre focado nas principais necessidades da população, para que seja possível continuar a entregar serviços públicos de qualidade aos moradores de nossa cidade, especialmente em áreas que serão muito demandadas no pós pandemia como a Saúde e a Assistência Social, com recursos adicionais para ampliar a atuação junto à famílias que estão em situação de extrema pobreza. Além de direcionar recursos para investimentos que atraem empresas e empregos para a cidade”, explica o gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi.


O projeto de lei orçamentária (LOA) 2022 será apreciado pelos vereadores e deverá ser votado até o final do ano legislativo.


Notícias relevantes: