Jundiaí

Comerciantes registram prejuízo com queda de apps

OFFLINE WhatsApp, Instagram e Facebook caíram durante horas e outros aplicativos ficaram instáveis


JORNAL DE JUNDIAI
A artesã Isabel da Fonseca teve dificuldades para receber pagamentos de clientes
Crédito: JORNAL DE JUNDIAI

Com WhatsApp, Instagram e Facebook fora do ar por mais de seis horas, comerciantes que utilizam os aplicativos contabilizaram queda nas vendas e, consequentemente, prejuízo em plena segunda-feira. Alguns relatam que a perda chegou a 40%, em especial quem trabalha com pedido de comidas.

Este é o caso de Denise Machado, comerciante de açaí. "Vendo pelo WhatsApp, então me afetou muito. Não uso aplicativo de entrega. Para mim, parou depois das 12h. Daí para frente, só vendi para quem entrou na loja, mas o WhatsApp representa 40% das minhas vendas."

Ela diz que também teve outras instabilidades tecnológicos, em pagamentos. "Minha maquininha de cartão passa a compra, mas o dinheiro não cai na minha conta, está parado em algum lugar. Eu tive que passar uma compra via Pix e não consegui também."

A artesã Isabel da Fonseca também relata dificuldade com pagamentos porque muito de seus clientes prefere usar as compras via pix e, de alguma forma, sentiram dificuldades. "Me atrapalhou bastante. Normalmente, quem tem maquininha, quando cai assim, atrapalha. Tem gente que também me procura pelo WhatsApp, então é ruim. Tem gente que compra por Pix, aí assim não tem como. Uma moça veio aqui comprar e teve que ir no banco sacar dinheiro porque não conseguia fazer Pix, nem a maquinha, nada."

A ajudante geral de uma bomboniere, Luísa Santos conta que o comércio foi bastante afetado. "Usamos WhatsApp para tudo. Falar com cliente, vender, faz tudo por lá. Hoje não tive problema com maquininha, nem Pix. Facebook e Instagram não me afetaram, foi mais pelo WhatsApp mesmo."

Atendente de uma sorveteria, Karen Leal diz que não ter o WhatsApp não influenciou tanto seu dia.

"Uso Instagram e Facebook para divulgar os produtos. Com maquininha e Pix não tivemos problemas. Não vendemos pelo WhatsApp, então o problema maior foi Facebook e Instagram mesmo, que a gente não consegue postar nada."

DIA A DIA

Para quem não tem um negócio, mas utiliza os aplicativos para se comunicar, também sentiu dificuldade durante todo o dia. O advogado Francisco Zorzi diz que o dia foi complicado sem o WhatsApp. "Dependo disso e estou o dia todo sem conseguir trabalhar. Mando arquivos pelo WhatsApp e as pessoas não conseguem receber, abrir o arquivo. Não cheguei a usar Telegram, uso mensagem SMS."

Já Francisco Gonçalves diz que não conseguia se comunicar com a esposa. "Fui falar com a mulher hoje e ela não respondeu. Uso só WhatsApp e Facebook, Instagram não. Hoje é estranho ficar sem, ninguém mais usa mensagem do celular. É mais fácil mandar áudio, a mensagem pelo WhatsApp, tem tudo no aplicativo."

Vendedora, Kelly Vilela conta que não sentiu quaisquer dificuldades com a queda dos aplicativos. "Não ligo para queda assim. Faço mais ligação, então não me prejudicou ficar sem os aplicativos."

INFORMAÇÕES

A queda do WhatsApp, Facebook e Instagram ocorreu ontem por volta das 12h30 no horário de brasília em todo o mundo. Especialistas em segurança apontaram que o que pode ter ocasionado o problema foi uma falha de Sistema de Nomes de Domínio, conhecido pela sigla em inglês DNS, como um possível culpado.

Por volta das 13h no horário do leste dos EUA, a ThousandEyes, divisão de análise de Internet da Cisco, disse no Twitter que seus testes indicam que a interrupção se deve a uma falha contínua de DNS. O DNS traduz nomes de sites em endereços IP que podem ser lidos por um computador. Geralmente é chamada de "lista telefônica da Internet".

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: