Jundiaí

Coral Cidade das Crianças inicia ensaios em novo núcleo da Vila Esperança


Divulgação
Julia Akemi aprovou o primeiro ensaio
Crédito: Divulgação

Começaram nesta segunda-feira (04) as aulas do Coral infantojuvenil Cidade das Crianças no Centro Comunitário Vila Esperança. Este é o primeiro núcleo descentralizado do corpo artístico vinculado à Unidade de Gestão de Cultura (UGC) no Município.

O grupo tem como coordenadora a diretora artística Vasti Atique, com a regência de Jéssica Vieira e como pianista Sofia Prado. As aulas direcionam-se para crianças de sete a 11 anos de todo o Município e tem como intuito promover atividades descentralizadas, para a socialização e desenvolvimento dos participantes.

Julia Akemi Kumakawa, de sete anos, soube das inscrições pela internet. “Gosto muito de cantar e de dançar, e quis aprender mais. Minha cantora preferida é a Katy Perry e o meu filme é ‘Frozen’”, compartilhou a pequena moradora do jardim do Trevo.

Já Ana Laura de Souza, de dez anos, quis participar, pois mora no bairro e já estudou violino. “O curso que eu fazia foi interrompido por causa da pandemia. Quando o pessoal do Coral fez a divulgação na minha escola, a Emeb Ranieri Mazzilli, eu pensei que poderia ser uma boa oportunidade, pois as aulas seriam aqui no bairro mesmo”, comemorou.

O gestor da UGC, Marcelo Peroni, explica a proposta do novo núcleo. “Este é mais um investimento na oferta de atividades culturais formativas pelo programa municipal Cidade das Crianças. Já contamos com um núcleo do Coral com sede no complexo Fepasa e esta nova proposta visa levar esta formação gratuita para bairro mais afastado e onde havia demanda da população. Contamos com a adesão as crianças do bairro para que divulguem as aulas e participem”.

Vasti reforçou o poder de transformação da música. “Esta proposta tem tudo para dar certo. O poder de transformação da música é essencial para o desenvolvimento cognitivo das crianças e, com este núcleo descentralizado, trazemos uma atividade extracurricular muito importante para as crianças do bairro”.

Já para a regente Jéssica, qualquer pessoa, dependendo da dedicação e compromisso, pode aprender a cantar e a tocar qualquer instrumento. “Tem muitas crianças que saem do mundo das drogas por conta da música. Então, acho que o poder da música é transformador. Qualquer pessoa pode aprender a tocar e cantar, dependendo da dedicação e compromisso”.

As aulas são realizadas todas as segundas-feiras, das 14h30 às 15h30 no Centro Comunitário da Vila Esperança, que fica na rua Guilherme Augusto Baad, nº 314. As crianças de sete a 11 anos interessadas em participar podem comparecer ao local no horário das aulas para realizar sua inscrição. A próxima aula será na segunda (18). Mais informações pelo telefone 4585-9750.


Notícias relevantes: