Jundiaí

Prefeitura investiu R$ 31 milhões em obras de prevenção de enchentes, desde 2017


ARQUIVO PESSOAL
Das 23 obras, três foram entregues este ano e outras seis até dezembro.
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

Desde 2017, a Prefeitura de Jundiaí realizou 23 obras para a implantação de galerias de águas pluviais, investimento que chega a R$ 30,9 milhões. Em diferentes regiões da cidade, os transtornos causados pela chuva, com acúmulo de água e até enchentes, deram lugar à tranquilidade.

Diversos bairros foram beneficiados, como Jardim das Tulipas, Bonfiglioli, Santo Antônio, Mato Dentro, Distrito Industrial,entre outros. Das 23 obras, três foram entregues este ano e outras seis têm previsão de término até dezembro. Os dados foram levantados pelas unidades de gestão de Governo e Finanças (UGGF) e de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP).

A obra mais recente para combater enchentes encontra-se em andamento no bairro Novo Horizonte, na avenida José Benedito Constantino Arruda, passando pela rua 8, e é de responsabilidade da UGISP. São aproximadamente 280 metros lineares de galerias e 12 bocas de lobo.

“Foram feitos investimentos importantes em infraestrutura nessa região, com o asfaltamento de toda a rua 8, uma reivindicação dos moradores do local”, lembra o prefeito Luiz Fernando Machado. “Agora, estamos trabalhando para resolver outro problema, que é o acúmulo de água em dias de chuva, sempre levando mais estrutura e qualidade de vida para as muitas pessoas que vivem nos bairros de Jundiaí.”

A obra no Novo Horizonte está orçada em R$ 241.522,15, com previsão de término no início de novembro. Além disso, serão instaladas valetas ao longo de mil metros lineares que seguem até o rio Jundiaí, onde a água será despejada.

Moradora da rua 8, a diarista Sandra Regina Pinheiro Coelho tinha problemas em dias de chuva forte e chegou a ter a casa invadida pela água. “Estamos felizes com essa obra, pois o problema tem de ser resolvido”, declarou. “A água vinha da parte mais alta e se acumulava nesse ponto do bairro onde está minha casa.”

“Nossa proposta é fazer a obra agora, em um momento que não chove em excesso, e já nos preparando para os meses mais chuvosos, no fim do ano e no início do ano que vem”, explica o gestor de Infraestrutura e Serviços Públicos, Adilson Rosa. “Durante todo o tempo a Prefeitura esteve em diálogo com os moradores, na busca por soluções para sanar os problemas com as enchentes.”

O gestor também lembra que outras obras de implantação de galerias tiveram grande impacto nos bairros. “É o caso das melhorias que fizemos no Jardim das Tulipas, com a implantação de um pôlder [espécie de piscinão] que solucionou o problema de enchentes e possui capacidade para 7 milhões de litros de água e tem 200 metros de extensão.”

Também no Vetor Oeste
Outra obra foi realizada recentemente no Vetor Oeste para melhorar o escoamento da água. Na avenida Presbítero Manoel Antônio Dias Filho, no Residencial Jundiaí, foram instaladas novas bocas de lobo e tubulação nas proximidades da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e da Clínica da Família, evitando assim o transtorno das pessoas que passam pelo local em períodos de chuva.

Ao todo, foram colocados ali 136 metros de tubulação, com investimento de R$ 88.222,04. Além de novas bocas de lobo, a obra aumentou o tamanho das já existentes. A água captada é despejada em córrego próximo e também termina no rio Jundiaí.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: