Jundiaí

Nossa Senhora é lembrada com missas e procissões em Jundiaí

Programação da Catedral Nossa Senhora do Desterro será voltada somente para as missas


ARQUIVO PESSOAL
Carla Francini Santo é devota de Nossa Senhora e consagrada há 6 anos
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

Para homenagear Nossa Senhora Aparecida, missas e procissões serão realizadas ao longo do dia em várias paróquias que fazem parte da Diocese de Jundiaí. Segundo o padre Márcio Felipe de Souza Alves, de 37 anos, a programação da Catedral Nossa Senhora do Desterro, por exemplo, será voltada somente para as missas e ele espera a presença dos fiéis.

"Levando em consideração a situação em que estamos vivendo, a segurança e diminuição dos casos, espero que os fiéis possam vir e experimentar o amor de Nossa Senhora", convida.

E justamente por este amor à padroeira do Brasil que Amanda de Souza Santos, de 20 anos, irá participar de uma carreata com a família. "Minha mãe vai dirigindo e estou muito animada. No ano passado a carreata foi muito bonita, todos os carros acenavam com um lencinho branco, estou ansiosa para saber como será neste ano", disse com entusiasmo.

Nossa Senhora sempre esteve presente na vida da devota. Ela relembra a promessa de sua mãe durante uma graça conseguida há 11 anos. "Eu precisaria passar por uma cirurgia por conta das amígdalas e minha mãe fez uma promessa para Nossa Senhora. Em pouco tempo fui curada e não precisei mais realizar a cirurgia. Por conta disso, minha família costuma ir para Aparecida agradecer, mas este ano vamos celebrar por aqui", conta.

Amanda também diz que se sente renovada ao celebrar este dia. "Sinto uma paz interior muito grande. Gosto de participar desse evento especial porque sinto a presença de Nossa Senhora em minha vida", completa.

Carla Francini Santo, de 21 anos, é consagrada pelo método de devoção de São Luís Maria Grignion de Montfort e também faz questão de celebrar o dia 12 de outubro. "É o dia da padroeira do Brasil e pra mim é um dia de festa, homenagens e muita alegria. É difícil expressar a importância de Maria em minha vida, é um consolo pra minha alma", afirmou.

Além disso, Carla já marcou presença na missa de celebração na paróquia de seu bairro. "Quando eu, minha mãe e minha irmã fomos vítimas de um assalto, naquele momento que foi traumatizante para nós, eu senti a presença de Nossa Senhora. Portanto, também estarei presente nessa e em outras celebrações que virão", conta com emoção.

(Caroline Adrielli)

PROGRAMAÇÃO

No Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida, localizado na Vila Rami, as missas do dia 12 vão acontecer às 7h, 9h, 11h30, 14h30 e 16h, e também terá transmissão ao lado de fora do santuário.

Já na Catedral Nossa Senhora do Desterro, as missas de consagração a Nossa Senhora serão realizadas às 7h, 9h e 18:30h.

 

Credito: ARQUIVO PESSOAL / Descrição: Padre Márcio Alves convida os fiéis para celebrar Nossa Senhora


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: