Jundiaí

Cultura trata de Acessibilidade no lançamento do programa ‘Conversas de Patrimônio em Jundiaí’


Divulgação
Tema do primeiro encontro on-line do programa será a Acessibilidade
Crédito: Divulgação

Acessibilidade e Patrimônio serão os temas da mesa redonda on-line de lançamento do programa “Conversas de Patrimônio em Jundiaí”. A atividade inicial será nesta quinta-feira (14), a partir das 15h, e será transmitida pelos canais oficiais da Unidade de Gestão de Cultura (UGC) no Facebook e YouTube, com tradução simultânea em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

De acordo com o diretor do Departamento de Patrimônio Histórico (DPH) da UGC, Elizeu Marcos Franco, a atividade mensal tem por objetivo refletir e propor ações sobre o patrimônio histórico e cultural da cidade. “A ideia é realizar os encontros, sempre com um tema alusivo ao mês da promoção. Como em outubro temos o Dia do Deficiente, então vamos tratar de acessibilidade. Para isso teremos como convidadas as arquitetas Silvana Serafino Cambiaghi e Erika Hembik Borges Fioretti especialistas em acessibilidade e patrimônio”, destacou o diretor.

Silvana Cambiaghi é professora, mestre em Desenho Universal pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de São Paulo (FAU-USP), presidente da comissão permanente de Acessibilidade de São Paulo (CPA), membro do grupo de trabalho da revisão da NBR 9050 e demais normas técnicas de acessibilidade da ABNT.

Já Érika Fioretti é arquiteta especialista em conservação, restauro e gestão de obras de patrimônio cultural e planejamento urbano. Arquiteta do Grupo de Conservação e Restauro de Bens Tombados da UPPH e Conselheira suplente do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat).

Ainda segundo Elizeu, o tema do encontro de novembro do programa irá tratar da Consciência Negra e em dezembro do aniversário de Jundiaí.

 


Notícias relevantes: