Jundiaí

Sincomercio e CDL Jundiaí lançam cartilha com orientações para reduzir gastos com energia elétrica


Marcello Casal Jr/Agência Brasil
A cartilha preventiva reúne algumas medidas para auxiliar os empresários
Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O aumento da conta da energia elétrica, em razão do baixo volume de chuvas, tem peso substancial nos custos de produção das empresas. Amargar uma conta de energia mais cara pode não ser a melhor saída para as empresas que buscam se recuperar, voltar a obter lucros e gerar empregos.
Pensando nisso, o Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio) e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL) produziram uma cartilha com dicas para evitar o aumento da tarifa de energia elétrica.
Em formato pocket e com distribuição gratuita, a cartilha ilustrativa reúne algumas medidas para auxiliar os empresários a buscar maneiras de evitar tarifas altas e tornar o uso mais racional.
“Mais de 10% das despesas do comércio são com tarifas de enérgica elétrica. A crise hídrica traz muitas preocupações aos empresários, entre elas os aumentos sucessivos, o risco de racionamento e também a possibilidade de instabilidade ou de interrupções no fornecimento de energia. Por isso é nosso papel buscar informações e alternativas para enfrentar mais esse desafio”, avalia Edison Maltoni, presidente do Sincomercio e da CDL.
As cartilhas podem ser retiradas gratuitamente nas entidades e podem ser acessadas no SITE Sincomercio Jundiaí e no SITE CDL Jundiaí.

 


Notícias relevantes: