Jundiaí

Mais verde: ruas de Jundiaí ganham 1,8 mil árvores de janeiro a setembro deste ano

O trabalho faz parte de diferentes ações voltadas ao desenvolvimento sustentável na cidade


@pedroamora
Funcionários fazem o plantio de mudas na avenida Odil Campos Sáes
Crédito: @pedroamora

A Prefeitura de Jundiaí, por meio de seu Departamento de Parques, Jardins e Praças, plantou 1,8 mil árvores de janeiro a setembro de 2021 em todas as regiões da cidade. O trabalho faz parte de diferentes ações voltadas ao desenvolvimento sustentável na cidade. Para o verão de 2021-2022, o departamento ainda prevê o plantio de mais 3.970 árvores no território de Jundiaí.

“Nenhuma cidade avança sem oferecer espaços públicos agradáveis e que possam ser ocupados pelas pessoas, o que passa necessariamente pela arborização”, explica o prefeito Luiz Fernando Machado. “Em Jundiaí, plantar mais árvores foi uma das reivindicações do Comitê das Crianças, que, em dezembro, nos entregou um documento com diferentes pedidos, este entre eles.”

A escolha dos locais para receber o plantio é feita através de critérios técnicos, a partir de decisões tomadas pelas unidades de gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (à qual o Departamento de Parques, Jardins e Praças responde) e de Planejamento e Meio Ambiente. Recentemente, foram plantadas na região da Vila Arens e do Vianelo 63 mudas e, até o final do ano, serão plantadas mais 163. Esse trabalho compõe o Programa de Arborização Urbana.

Uma delas, com mais de um metro de altura, fica na frente da casa da aposentada Maria Cristina Espasa, na Vila Arens. “Fiquei feliz com a presença de uma árvore aqui, adoro plantas”, conta Maria, que mora no bairro há 65 anos. “Vai ficar mais bonito e mais fresco.” Da mesma opinião é a comerciante Janelma Silva. “Gostei dessa ideia, pois adoro espaços arborizados”, diz ela, com loja no bairro há 25 anos.

“Claro que a beleza é muito importante, mas não é só isso”, afirma o gestor de Infraestrutura e Serviços Públicos, Adilson Rosa. “Veja, por exemplo, o caso da região da Vila Arens e Vianelo, que é considerada uma “ilha de calor”. Com mais árvores ali, essa área poderá, no futuro, receber um conforto térmico maior.” Além do benefício à temperatura, o aumento do plantio e de áreas verdes cumpre outras funções, como melhorar a qualidade do ar, reduzir ruídos e picos de enchentes (devido à maior infiltração da água) e ter menor erosão do solo.

O diretor do Departamento de Parques, Jardins e Praças da Prefeitura de Jundiaí, Rudislei Santos, explica que as espécies de árvores plantadas variam de local para local. “É preciso observar tanto a característica da espécie quanto o espaço onde será plantada, como calçadas largas ou estreitas”, explica. “Em Jundiaí, utilizamos ao menos 40 tipos diferentes de árvores e muitas delas são cultivadas aqui mesmo no município, como no viveiro da Unidam e do Parque Jardim Botânico.”

E quem quiser mais árvores em sua rua ou bairro, pode fazer um pedido na Prefeitura de Jundiaí. Basta que haja a concordância de mais da metade dos moradores do trecho a ser arborizado, em caso de calçada. Através do Programa Pé de Árvore, é possível fazer a solicitação pelo e-mail [email protected] Todas as informações que deverão estar no e-mail e as regras para participar podem ser obtidas AQUI.

Até o fim de novembro, a Prefeitura entregará o Plano Municipal de Arborização Urbana, que estipula regras para o plantio em áreas públicas e tem também a função de fomentar a arborização.


Notícias relevantes: