Jundiaí

63% dos jovens não agendaram a 2ª dose

2ª DOSE Apenas 5 mil agendamentos dos 13.600 disponíveis foram feitos desde a abertura


ARQUIVO PESSOAL
Vanessa Motta aguarda novas datas para a repescagem da 1ª dose
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

Com a antecipação da Pfizer de 12 para oito semanas conforme determinação do governo do estado, a adesão à segunda dose da vacina em Jundiaí está baixa entre adolescentes de 12 a 17 anos que já tomaram a primeira. Até o momento, 63% desta faixa etária ainda não agendou a vacinação que está aberta desde quarta-feira (20).

De acordo com o gestor de Promoção da Saúde, Tiago Texera, das 13.600 vagas disponíveis para o agendamento apenas cinco mil foram preenchidas até o momento. Segundo ele, muitos adolescentes não se atentaram às alterações do calendário. "O agendamento para a segunda dose desta faixa etária para quem tomou a primeira até o dia 4 de setembro já está aberto. Vale ressaltar que a espera de 12 semanas não tem mais validade e esta é a única chance de garantir a vacinação", explica Texera.

Esta sexta-feira (22) marcou o primeiro dia de vacinação para esta faixa etária em diversos pontos do município, mas apenas 40% das doses disponíveis foram utilizadas. "No primeiro dia foram oferecidas mil vagas para agendamento, mas apenas 400 adolescentes compareceram nos postos de vacinação", afirma Texera.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VE), Maria do Carmo Possidente, afirma que é essencial que a população busque a imunização completa, com as duas doses necessárias e determinadas pelos fabricantes. "Com a antecipação dos prazos determinados pelos órgãos Federal e Estadual, é essencial que as pessoas não deixem de procurar a aplicação. Em caso de dúvida, consultem o calendário de aplicação, no site da Prefeitura de Jundiaí", diz a enfermeira.

A estudante Lara Bragantini, de 17 anos, tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19 no dia 2 de setembro e conseguiu agendar a segunda dose nesta sexta-feira (22). A adolescente não estava ciente da antecipação da Pfizer e ficou sabendo através da sua mãe. "Estava totalmente por fora da antecipação, mas minha mãe me avisou sobre as novas datas e conseguiu agendar para mim", explica a estudante.

O agendamento ficou marcado para o dia 29 de outubro no Parque da Uva. Segundo Lara, não houve nenhum problema durante o processo. "Foi bem tranquilo, minha mãe conseguiu fazer o agendamento em menos de cinco minutos e não ocorreu nenhum erro no site", explica.

A babá Vanessa Peroni Motta, de 42 anos, ainda está à espera da primeira dose para seu filho, Matheus Motta, de 19 anos. "Meu filho teve covid-19 em agosto, bem na época que ele receberia a primeira dose, e precisou esperar novas datas que não foram divulgadas até o momento", afirma a mãe.

Vanessa aguarda novas datas para a repescagem da vacina para a faixa etária do filho e já entrou em contato com o município solicitando novas informações. "Estou esperando desde agosto a nova repescagem da vacina, já liguei para a Prefeitura, mas sempre recebo a mesma resposta que estão esperando a chegada de novos lotes", diz.

Na família, apenas Matheus ainda não conseguiu tomar a vacina. "Já pensei na possibilidade de levá-lo para se vacinar em outro município que não precise de agendamento, porque não entendo o motivo de tanta demora".

AGENDAMENTO

O agendamento para a segunda dose para adolescentes de 12 a 17 anos que receberam a primeira até o dia 04/09 está aberto e deve ser realizado através do APP Prefeitura de Jundiaí ou pelo site: https://vacina.jundiai.sp.gov.br/agendamento/.

Quem recebeu a primeira dose em datas posteriores, deve aguardar a abertura de novas agendas nos próximos dias.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: