Jundiaí

Feriado estimula aumento de até 60% nas vendas de floriculturas


                       ALEXANDRE MARTINS
Airton Pencinato afirma que a flor mais vendida na data é a calandiva
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

O feriado prolongado de Finados, comemorado em 2 de novembro, deve estimular as vendas de flores em Jundiaí. Funcionários e gerentes em estabelecimentos próximos aos cemitérios estimam aumento de até 60% na próxima semana.

De acordo com o funcionário de uma floricultura no Centro, próximo ao Cemitério Nossa Senhora do Desterro, Airton Pencinato, a flor mais procurada para o feriado é a calandiva. "Esta espécie é muito utilizada nos cemitérios, pois é uma das flores mais duradouras, com tempo de vida de um mês a um mês e meio, por isso ela é bastante procurada na loja, principalmente no Dia de Finados", afirma Pencinato ao lembra que pode ser comercializadas a partir de R$ 15 o vaso.

Segundo o funcionário da floricultura, as vendas para o feriado começam a aquecer apenas na véspera ou no próprio dia. "A maior procura acontece justamente no dia 2 de novembro, mas as vendas também acontecem na véspera ou no final de semana que antecede a data", explica.

OTIMISMO

De acordo com Pencinato, as expectativas estão altas, mas ainda não é possível estimar um aumento. "É esperado um aumento em relação ao ano passado, quando os cemitérios estavam fechados para visitação do público. Se a loja vender 70% do que vendeu em 2019 será ótimo".

ESTOQUE GARANTIDO

A gerente de uma floricultura no bairro Recanto Quarto Centenário, Antônia Araújo, afirma que as vendas devem aumentar 60% em relação ao ano passado. "Com certeza o feriado vai impulsionar as vendas da floricultura, esperamos um grande aumento no movimento, visto que no ano passado as pessoas não puderam ir ao cemitério visitar os entes queridos".

O estoque da loja para a data está sendo renovado e a procura pelas flores deve aumentar neste final de semana, principalmente as espécies de calandiva e crisântemo. "As flores mais vendidas para os cemitérios são as calandivas e o crisântemo, mas espécies de begônia, lírio e vasos de rosas também têm bastante procura nesta época", afirma Antônia.

De acordo com a gerente, o feriado é uma das datas mais importantes para o setor. "O feriado do dia 2 de novembro costuma ser bem movimentado na loja e as vendas são ótimas, junto com o Dia das Mães e Dia das Mulheres. São datas importantes para o setor de flores", adianta.

Na floricultura do Parque Quarto Centenário, o preço das flores começa a partir de R$ 10 e os vasos podem ser comprados por R$ 25. Durante o feriado, o estabelecimento não terá alterações no horário de funcionamento.

Além das vendas, a loja também trabalha com a colocação das flores nos cemitérios. "A loja oferece o serviço de colocação de flores e vasos nos túmulos e sepulturas dos cemitérios para os clientes. A procura deste trabalho também é grande, pois muitas pessoas desejam colocar as flores nos cemitérios, mas por algum motivo não conseguem levar", diz Antônia.

(Luana Nascimbene)


Notícias relevantes: