Jundiaí

Aprendizes se destacam na Indústria e Serviços

CONTRATAÇÃO Segundo o Caged, o mês de setembro terminou com saldo positivo de 58 admissões


               ALEXANDRE MARTINS
Leonardo Straforini pretende seguir no setor e pretende ser efetivado
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

O segundo semestre deste ano marcou a contratação de centenas de jovens aprendizes em Jundiaí. Só na ONG Juventude Cívica Poaense (Jucip), que promove a inclusão de adolescentes e jovens no mercado de trabalho, foram 220 contratações, com destaque para o setor metalúrgico e da indústria eletrônica.

Outras fontes captadoras de mão de obra também projetam saldo positivo. Para o Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) de Jundiaí, a projeção é de 62 contratações de jovens aprendizes para os próximos meses nos setores administrativo, logística e indústria da carne.

No Grupo Astra, por exemplo, são 88 aprendizes contratados vindos da Jucip e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O contrato dos aprendizes da Jucip tem duração de oito meses e no Senai a duração é de dois anos. As novas contratações de jovens aprendizes vão acontecer no próximo ano, a partir de fevereiro.

O recém-formado em marketing, Kaíque José Santos, de 21 anos, é um dos aprendizes do setor de trade marketing na Astra. "Já trabalhei em uma agência de publicidade, enquanto estava na faculdade, e também já fui operador de telemarketing, mas por conta da pandemia fiquei quase dois anos sem emprego, até conseguir a vaga na empresa", afirma Santos.

O aprendiz começou a trabalhar em junho deste ano e se adaptou rapidamente em seu novo emprego. "Consegui me desenvolver muito bem durante os meses iniciais e já me identifiquei bastante com a profissão. Meu contrato é de oito meses, mas espero ser efetivado e continuar neste setor por mais tempo", diz Santos.

Ele participa dos projetos de marketing da empresa, além de criar designs para a marca. "Eu trabalho na parte de projetos de exposição para a loja, fazendo designs e campanhas de marketing", diz Kaíque José.

O jovem aprendiz da área de manutenção de ferramentas e moldes, Leonardo Donabella Straforini, de 19 anos, está cursando engenharia mecânica e também faz parte da turma de junho da Jucip. "Esse emprego é uma oportunidade de ampliar meu conhecimento na área que estou estudando, trabalhava anteriormente no setor financeiro de uma empresa, mas pretendo seguir na área da mecânica", explica Straforini.

As etapas do processo seletivo desta turma começaram no ano passado. Straforini participou das provas e entrevistas até ser selecionado pela empresa. "Fiz as provas de matemática e português, participei de diversas entrevistas e quando entraram em contato me contando sobre o resultado foi uma realização", diz.

PRÓXIMOS MESES

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o mês de setembro terminou com saldo positivo de 58 contratações de jovens aprendizes do município, com 192 admissões e 134 desligamentos no total. O destaque ficou para o setor de Indústria, com saldo positivo de 54 contratações, seguido por Serviços (9).

A jovem aprendiz que atua no setor comercial, Sthephanie de Oliveira Moretti, de 22 anos, participou do processo seletivo do Instituto de Desenvolvimento Social e Cultural (Indesc) e foi contratada pela Associação Comercial Empresarial de Jundiaí (ACE) em outubro do ano passado.

O contrato da aprendiz é de 14 meses. Ela desempenha as funções de recepcionista e auxiliar administrativo. "Recebo pessoas que querem se associar, consultar situação do CPF, receber certificado digital, entre outros serviços. Antes de começar a trabalhar, a gente faz um curso com aulas teóricas e práticas durante um mês para adaptação", explica.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: