Jundiaí

HSV recebe doação de bonecas que auxiliarão no acolhimento de pacientes infantis


DIVULGAÇÃO
Bonecas são confeccionadas com essência de bergamota, fruta cítrica disponível no continente africano
Crédito: DIVULGAÇÃO

Na manhã da última quarta-feira (27), o Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV), com apoio do Time de Humanização, recebeu a doação de 10 bonecas de pano feitas à mão pelo grupo voluntário Projeto Bunekas, de Jundiaí. As bonecas serão entregues para crianças que realizam procedimentos cirúrgicos na unidade. A ideia tem por fim contribuir com o acolhimento e a humanização na assistência aos pacientes.

O processo de separação entre os pais e a criança, no momento da cirurgia, é difícil para ambas as partes e, pensando na possibilidade de oferecer conforto emocional e físico à criança, as equipes do centro cirúrgico e anestesiologia do hospital, se reuniram para promover, com o auxílio das bonecas, um ambiente calmo e seguro para esse paciente. A partir de um consenso criado entre as equipes, os mesmos entraram em contato com o Projeto Bunekas, que por meio de insumos como tecidos e linhas arrecadados pelos colaboradores, ofereceram mão de obra voluntária para confecção.

Karine Barbosa Placco Silva é uma das representantes do grupo e explica a origem do projeto. “Tudo começou com uma viagem à África em 2017, feita pela supervisora e psicóloga do grupo, Michelli Bordinhon. Ao se deparar com um cenário delicado, onde crianças ainda pequenas já trabalham, deixando de lado sua infância e todas as boas coisas de ser criança, Michelli teve a ideia de confeccionar bonecas para entregar as meninas e bolas para os meninos, com intuito de cultivar momentos de descontração durante a infância, incentivando a criatividade. Com roupas, sapatos e turbantes coloridos, ela trabalha preservando a cultura deste povo. As bonecas ainda são entregues com bilhetes escritos “você é linda”, a fim de promover a autoestima”.

A coordenadora do centro cirúrgico, Amanda Bueno, compartilha em nome da equipe o sentimento de gratidão. “Poder receber uma doação como essa e saber que podemos contar com as pessoas que fazem o bem é fortalecedor e nos auxilia neste momento delicado. Agradecemos a todos os membros do grupo que se dedicaram na confecção das bonecas, vocês estão fazendo o bem de uma maneira alegre e trabalhando com muito amor. Acreditamos que o processo de cura começa com um simples gesto e, graças a este projeto, teremos a oportunidade de fazer a diferença neste momento".

Karine ainda conta que as bonecas são confeccionadas com essência de bergamota, uma fruta cítrica disponível apenas uma vez ao ano no continente africano, e que traz boas memórias para esta cultura. A voluntária compartilha que ao longo dos anos foram entregues 10 mil bonecas, vestidos e calcinhas nos países da Angola, Burkina Faso, Guiné-Bissau, Malaui, Mali, Moçambique, Quênia, Senegal, Tanzânia e Tunísia. O objetivo é atingir a todos os países africanos.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: