Jundiaí

Um terço dos idosos aptos a receber a terceira dose de vacina contra covid-19 não buscou pela aplicação

Apenas 21,6 mil foram receber a sua aplicação, seja, perto de 70% do público esperado para o período


Divulgação
Vacinação: Idosos devem receber a terceira dose do imunizante contra a COVID-19
Crédito: Divulgação

Dos 32 mil idosos (pessoas com 60 anos ou mais) que estavam aptos a receber a terceira dose (D3) ou dose adicional de vacina contra covid-19 no mês de outubro, apenas 21,6 mil foram receber a sua aplicação, seja, perto de 70% do público esperado para o período. Para o mês de novembro, são estimadas 9,6 mil pessoas aptas para a vacinação. Com a permanência da circulação do vírus na cidade, é essencial que os grupos de maior vulnerabilidade façam a imunização adicional e ampliar a proteção.

Estão aptos a receber a terceira doses pessoas com 60 anos ou mais que tenham recebido a segunda dose há seis meses ou mais. De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VE), da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Maria do Carmo Possidente, a vacinação é essencial para a proteção do grupo. “A indicação da terceira dose foi feita nos Planos Nacional e Estadual de Imunização por conta da necessidade específica do grupo, que tem maior risco de desenvolver a forma grave da doença e foram os primeiros a receber as vacinas no início da campanha”, comenta a coordenadora.

As doses podem ser agendadas para atendimento no drive-thru do Parque da Uva ou nas próprias Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Para aqueles que estão atrasados na aplicação, os usuários podem buscar agendamento nos canais digitais da Prefeitura de Jundiaí (site e APP Jundiaí), ou diretamente no Parque da Uva, conforme calendário disponibilizado no site da Prefeitura de Jundiaí. Outra oportunidade para a atualização é a aplicação aos sábados, Dias V, contudo, sem a possibilidade de sistema drive-thru.


Notícias relevantes: