Jundiaí

Parque do Tulipas será revitalizado em dezembro

ABANDONO O local precisa de manutenções e adequações, pois representa risco para a população


JORNAL DE JUNDIAI
O pequeno córrego do parque tem águas escuras e com mau cheiro
Crédito: JORNAL DE JUNDIAI

O Parque Professor Aziz Ab'Saber, no Jardim das Tulipas, inaugurado em 2012, tem sido alvo constante de reclamações dos moradores do entorno, em especial pela falta de manutenção, mas segundo a Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) de Jundiaí, o parque receberá intervenções, como a pintura completa, construção de banheiro, manutenção de pontes, desassoreamento do lago, entre outras ações, no próximo mês.

Para o morador do Jardim das Tulipas, Danilo Eduardo Cunha, a segurança é um dos pontos mais críticos. "Tem ponte sobre rochas que está com madeira bem podre e é madeira grossa, então não deve ter tido troca desde a inauguração do parque. É perigoso alguém se acidentar."

Segundo Cunha, há muitas crianças que frequentam o espaço, inclusive seu filho, de três anos, e há questões além da segurança que incomodam. "Tem apenas um banheiro em todo o parque e ele é unissex. Quem vai com criança, se precisar, tem que correr até o meio do parque, onde o banheiro fica. A parte da grama, das árvores frutíferas, é bem bonita, bem conservada, então são apenas alguns pontos que precisam de mais atenção."

O local possui 125 mil m² e, justamente por ser grande, ao mesmo tempo em que atrai público, tem diversos problemas de manutenção, que vão da conservação de equipamentos à comodidade de quem o usa.

RISCOS

Em 2017, o Parque Professor Aziz Ab'Saber passou por uma revitalização para conter, principalmente, a questão do esgoto, que escorre para os pontos com água no local. O lago recebeu melhorias por meio da DAE, que trocou 122 metros de tubulação de esgoto, evitando a contaminação da água. Este problema, porém, ainda perdura, como afirma Danilo Cunha. "Tem dias que tem até um mau cheiro, porque é do lado de indústrias e escorre material, fica um cheiro de óleo, de esgoto", lembra o morador.

Na ocasião, as 15 pontes de madeira espalhadas pelo parque passaram por manutenção e o gramado contaminado por pragas foi tratado. Segundo Anderson, porém, nestes quatro anos, houve a necessidade de mais manutenção. O morador diz que há formigueiros em diversos pontos, principalmente nas quadras de areia.

Ele conta que recentemente obteve uma resposta. "Me informaram que os reparos serão iniciados ainda neste ano, mas depende de liberação de verba", afirma ele sobre uma reunião que teve com Anderson Luis de Araujo, diretor de parques de Jundiaí.

Danilo lembra ainda a disparidade entre os parques do município, mesmo considerando o volume de público frequentante. "É legal a gente ter o Parque da Cidade, o Mundo das Crianças agora, mas não podem esquecer dos parques que já existem nos bairros. No Parque do Tulipas tem bastante movimentação da população que já está no bairro há muito tempo e também o pessoal da Região, que utiliza. Não tem volume de visitação como o Parque da Cidade e o próprio Jardim Botânico, mas é bastante utilizado."


Notícias relevantes: